A presença do Google na indústria automobilística não se limita ao desenvolvimento de tecnologia autônoma. Por exemplo, milhões de motoristas ativam seu software Android Auto todos os dias, pois acham o sistema de informação e entretenimento do carro confuso ou porque desejam uma interface mais parecida com um smartphone.

Veja também todas as versões do Android!

Como o CarPlay, sistema rival da Apple, o Android Auto promete tornar a condução mais segura, reduzindo as distrações. Se ele atinge esse objetivo depende do que você pergunta; A “AAA” descobriu que ajuda os motoristas a manter os dois olhos na estrada, mas um estudo britânico concluiu que usá-lo é mais perturbador do que dirigir bêbado. A verdade provavelmente está em algum lugar entre essas duas informações, e o senso comum ajuda bastante ao usar a tecnologia veicular. 

De qualquer forma, nessa matéria você verá tudo o que precisa saber sobre o Android Auto. Confira:

O que o Android Auto faz?

Conheça o Android Auto - Foto: Reprodução/Digital Trends
Conheça o Android Auto – Foto: Reprodução/Digital Trends

O Android Auto pega os recursos que você ama no seu smartphone com Android e os coloca diretamente no painel do seu carro, substituindo o sistema de informação e entretenimento nativo. Dessa forma, ele exibe informações em uma interface familiar e fácil de usar, com cartões que você pode deslizar rapidamente, menus legíveis e ícones grandes. Recentemente, ele recebeu um tema mais sombrio, um layout atualizado do iniciador de aplicativos e uma interface mais intuitiva, para que os usuários do Android o achem mais familiar do que nunca.

Uma das melhores partes da ferramenta é o sistema de navegação equipado com Google Maps, que fornece instruções passo a passo e encontra automaticamente uma rota alternativa se detectar tráfego intenso. Além disso, é um benefício real se o seu carro não possui navegação integrada. As “portas” do software são sobre destinos salvos do telefone, para que você não precise digitar manualmente o endereço da sua casa, escritório ou escola. Por fim, o Android Auto fornece aos motoristas acesso sob demanda a milhões de músicas e podcasts por meio de uma lista crescente de aplicativos de terceiros, permite navegar na Web e permanecer conectado fazendo chamadas e enviando mensagens usando o Hangouts, WhatsApp, e outras plataformas de mensagens.

Integração com o Google Assistente

Todos os recursos acima mencionados também respondem aos comandos básicos de voz. Dessa forma, você pode dizer “OK, Google, toque The Offspring” ou “OK, Google, qual é a capital da Austrália?” Você pode até perguntar: “OK, Google, o que é o Android Auto?” Com os comandos de voz, você pode responder a mensagens usando a tecnologia de fala para texto. No entanto, não se preocupe se seu carro não estiver equipado com tecnologia de reconhecimento de voz, pois os recursos podem ser acessados ??usando a tela sensível ao toque do seu carro ou o botão rotativo se a tela do seu carro não for sensível ao toque. Lembre-se de que a tela do seu smartphone ficará bloqueada quando o Android Auto estiver ativo, mas você pode deslizar para desbloqueá-lo quando for seguro.

A integração do Google Assistente utiliza controles de voz inteligentes para ajudar os motoristas a manter as mãos no volante. Além disso, conversas bidirecionais fluidas e precisas são possíveis com a tecnologia de inteligência artificial do Assistente, e todos os seus aplicativos favoritos também acompanham o passeio.

Conheça o Android Auto - Foto: Reprodução/Digital Trends
Conheça o Android Auto – Foto: Reprodução/Digital Trends

Por falar nisso, o Android Auto trabalha com uma série de aplicativos de terceiros, incluindo Waze, Pandora, iHeart Radio, Skype, WhatsApp e Spotify. No entanto, as configurações do veículo não fazem parte do Android Auto, portanto, o motorista precisa sair do aplicativo para ajustar os controles climáticos, navegar nas estações de rádio ou selecionar um modo de direção diferente. Dito isso, o Google está atualmente trabalhando com montadoras como a Polestar para criar novos sistemas de informação e entretenimento baseados no Android, onde todos esses recursos estarão acessíveis em um só lugar.

Agenda e Modo hora de dormir

Conheça o Android Auto – Foto: Divulgação/Google

Recentemente, o Google liberou novos recursos para o Android Auto. Dessa forma, ele atualizou a interface de usuário para que, junto com as direções, você também veja uma lista dos próximos compromissos da sua agenda. Assim, você mantém as mãos no volante e evita a necessidade de mudar entre diferentes aplicativos enquanto está dirigindo.

Para compromissos que têm um número de celular associado, o Android Auto chega a adicionar um botão de discador. Isso permitirá que você ligue com apenas um único toque em vez de precisar ficar procurando o contato na agenda. Além disso, graças a um aplicativo de configurações reformulado, os usuários do Android Auto devem ter mais controle sobre o que visualizam na tela de “infoentretenimento” do carro.

Outro recurso adicionado foi o modo Hora de Dormir. Na verdade, ele não é bem uma novidade, já que estava presente em celulares Pixel. Mas agora, ele será introduzido nos outros celulares Android. De forma resumida, esse recurso é para as pessoas que querem relaxar à noite.

Portanto, ele traz uma série de recursos, como desativar notificações após um determinado horário, definir lembretes apenas para a hora de dormir ou escolher entre uma seleção de sons ou músicas do YouTube Music ou Spotify para ajudá-lo a relaxar antes de cair no sono.

Além disso, pela manhã, o Google também adicionou o “Nascer do Sol”, que liga a tela do seu celular antes de o despertador tocar. Dessa forma, o brilho da tela vai subindo, e vai passando de laranja para amarelo. A ideia é ajudar a pessoa a acordar de forma suave.

Todos esses novos recursos do modo Hora de Dormir estarão disponíveis em breve na nova guia dentro do “app de Relógio” do Google.

Quais telefones são compatíveis com o Android Auto?

Agora que você sabe o que é o Android Auto, abordaremos quais dispositivos e veículos são compatíveis com ele. Os usuários cujo telefone estiver executando o sistema operacional Android versões 9 ou inferior precisarão fazer o download do aplicativo Android Auto gratuito na Google Play Store, mas os telefones com Android 10 vêm com a funcionalidade incorporada. Dessa forma, qualquer telefone com Android 5.0 ou superior que possua dados ativos pode utilizar a ferramenta. Portanto, você não precisa do dispositivo mais recente para usá-lo.

Seu celular deve ter uma porta USB funcionando para conectar-se ao carro, embora os telefones Android mais recentes da Samsung e outros possam suportar conexões Android Auto sem fio em uma lista pequena, mas crescente de veículos.

Conheça o Android Auto - Foto: Reprodução/Digital Trends
Conheça o Android Auto – Foto: Reprodução/Digital Trends

Quais carros são compatíveis com o Android Auto?

Dezenas de carros novos são compatíveis com a ferramenta. No entanto, lembre-se de que alguns fabricantes cobram dos compradores um valor extra pelo recurso, enquanto outros optam por não oferecê-lo em níveis de acabamento mais baratos.

Os carros compatíveis com o Android Auto incluem a maioria dos membros da linha Mercedes-Benz, todas as placas de identificação no portfólio Cadillac, além de vários modelos Chevrolet, Kia, Honda, Volvo e Volkswagen. Dessa forma, encontrar um carro compatível com a ferramenta não deve ser um problema, independentemente de você estar comprando um “hatchback” barato, um SUV robusto ou um carro esportivo de alto nível. A lista completa pode ser encontrada no site do Android Auto.

A Lexus e a empresa-mãe Toyota resistiram ao Android Auto por anos devido a questões de segurança e privacidade, mas ambas mudaram de ideia. BMW e Porsche ainda não possuem Android, mas a Porsche deverá mudar em breve.

Encontrar um carro usado compatível com a ferramenta pode ser um pouco difícil, porque levou um tempo para que as montadoras deixassem o Google entrar no carro. Hyundai, Kia e Chevrolet estavam entre as primeiras empresas a criar carros compatíveis com o Android Auto após a disponibilização do software no início de 2015.

Os motoristas podem evitar problemas de compatibilidade baixando a ferramenta e usando-o como um aplicativo independente. Basta iniciar o software e montar seu smartphone no para-brisa ou no painel. Ele oferece os mesmos recursos, independentemente de ser exibido na tela sensível ao toque de um carro ou em um smartphone. Esta solução permite que qualquer pessoa use o Android Auto em qualquer carro.

Como configurar o Android Auto para executar na tela do celular

Conheça o Android Auto - Foto: Reprodução/Digital Trends
Conheça o Android Auto – Foto: Reprodução/Digital Trends

Ao contrário do Apple CarPlay, que roda apenas na tela de entretenimento e entretenimento de um veículo, o Android Auto pode ser executado diretamente em um telefone celular em veículos que não possuem uma tela ou não podem executar o software. A funcionalidade é a mesma da tela do painel, mas permite ao usuário reproduzir áudio por Bluetooth em vez de precisar conectar-se. Independentemente da conexão, a funcionalidade básica do Android Auto é a mesma. Portanto, para começar é preciso:

  • Verifique se o dispositivo está executando pelo menos o Android 5.0 (recomenda-se o Android 6.0);
  • Se você estiver usando o Android 9 ou inferior, precisará fazer o download do aplicativo Android Auto na Google Play Store. A partir do Android 10, a ferramente vem incorporada ao sistema operacional.

Depois de baixar o aplicativo e verificar o sistema operacional do seu celular, será necessário iniciar o aplicativo pela primeira vez. Dessa forma, seu celular pode solicitar que você baixe atualizações para outros aplicativos usados pelo Android Auto, como o Google Maps. Além disso, o aplicativo também exigirá que você reveja um aviso de segurança e reconheça os termos e condições, mas apenas na primeira vez em que usar a ferramenta.

Como configurar o Android Auto para funcionar com uma conexão USB

Conheça o Android Auto – Foto: Reprodução/Digital Trends

Assim como executar o Android Auto na própria tela do dispositivo, o uso de uma conexão USB com fio exige que você tenha um dispositivo executando pelo menos o Android 5.0, mas há uma etapa extra envolvida nas configurações do veículo. Você precisará garantir que seu veículo seja compatível com o Android Auto e que ele esteja ativado em seu veículo. Na primeira vez em que você conectar o telefone, você será solicitado a baixar o aplicativo, se ainda não o tiver. Se você estiver executando o Android 10 ou superior, o aplicativo já está incluído.

Para concluir a instalação:

  • Verifique se o veículo está funcionando e estacionado com segurança;
  • Desbloqueie a tela do seu celular;
  • Emparelhe seu celular e carro via Bluetooth;
  • Atualize todos os aplicativos necessários, como o Google Maps;
  • Revise o lembrete de segurança;
  • Ative as notificações para o Android Auto.

Até você desativá-lo, o Android Auto será iniciado automaticamente sempre que você conectar o telefone.

Como atualizar o Android Auto

Há boas notícias para quem se preocupa com atualizações de software. É fácil manter o Android Auto atualizado usando a Google Play Store. Como o software é executado principalmente no seu celular, você não precisa fazer nenhuma atualização importante no sistema de informação e lazer do seu veículo. Se for necessário, é provável que você a receba por meio de uma atualização de software OTA (Over the Air) enviada diretamente pelo fabricante ou como parte de um check-up normal em uma loja ou revendedora aprovada.

Como usar o Android Auto

Conheça o Android Auto – Foto: Reprodução/Digital Trends

A atualização de 2019 trouxe uma interface redesenhada e novos recursos para o que antes se pensava ser um sistema básico. Em vez de uma “barra do iniciador” na parte inferior da tela, a interface atualizada possui uma gaveta de aplicativos que se parece muito com a do próprio telefone. Há uma nova tela de inicialização que substitui a tela inicial das versões anteriores. Ao conectar o telefone, você verá o aplicativo de navegação com um grupo de destinos sugeridos. O sistema é inteligente e lembrará se você estava usando o Google Maps ou o Waze como seu software de navegação. A música ou um podcast também começará a ser reproduzido automaticamente, mas pode ser desativado. Em cada tela da interface, há um botão home que o levará ao iniciador de aplicativos, onde você poderá selecionar uma função diferente.

Para usar um aplicativo, basta tocar no ícone como faria no telefone. O sistema abrirá o aplicativo para uso até você optar por mudar para outro, desconectar o telefone ou desligar o carro. Muitas funções do sistema podem ser controladas com sua voz, mas também existem ícones e menus de aplicativos claramente identificados e de fácil leitura.

O Google Assistente é um dos melhores sistemas de controle de voz do mercado atualmente e pode fazer quase tudo no seu carro no telefone. Você pode pedir instruções ou encontrar o posto de gasolina mais próximo, fazer chamadas, atualizar e definir lembretes e receber atualizações sobre as tarefas ao longo do dia. Além disso, você também pode pedir música por nome da música, artista ou gênero.

Conclusão

O Android Auto evoluiu bastante no ano passado e continuará a melhorar a cada nova versão do software. Cada vez mais fabricantes estão incluindo a capacidade em seus veículos, então há uma grande chance de seu próximo carro ser capaz de executar a ferramenta se você ainda não tiver um compatível.

Perguntas Frequentes

O que faz o Android Auto?

O Android Auto pega os recursos que você ama no seu smartphone com Android e os coloca diretamente no painel do seu carro, substituindo o sistema de informação e entretenimento nativo. Dessa forma, ele exibe informações em uma interface familiar e fácil de usar, com cartões que você pode deslizar rapidamente, menus legíveis e ícones grandes.

Como configurar o Android Auto?

Depois de baixar o aplicativo e verificar o sistema operacional do seu celular, será necessário iniciar o aplicativo pela primeira vez. Dessa forma, seu celular pode solicitar que você baixe atualizações para outros aplicativos usados pelo Android Auto, como o Google Maps. Além disso, o aplicativo também exigirá que você reveja um aviso de segurança e reconheça os termos e condições, mas apenas na primeira vez em que usar a ferramenta.

Como usar o WhatsApp no Android Auto?

Após ter instalado e configurado a ferramenta, é só usar o WhatsApp (ou qualquer outro aplicativo) no Android Auto.

Gostou? O que achou? Já utilizou o Android Auto? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar em “Telegram” que está localizado no canto direito superior da página!