O Google está desenvolvendo muitos avanços com o objetivo voltado para segurança para a versão do Chrome que vem a seguir. Depois de comunicar o teste com URLs “ocultas”, para diminuir phishing, o navegador também deve incluir alterações ao preencher formulários perigosos em sites https. O plano é diminuir as chances de que informações essenciais dos utilizadores fiquem sem proteção e vão parar nas mãos de usuários com más intenções.

Autenticação de dois fatores: entenda mais sobre essa funcionalidade!

No momento, o Google Chrome mostra um pequeno cadeado trancado perto da URL de portais https. Embora pouco intuitivo, o ícone mostra quando os dados exibidos naquele site possui certificado de segurança. No entanto, não é raro achar formulários perigosos dentro de portais considerados seguros – ou seja, formulários que não usam https para encaminhar informações coletadas.

Nomeados de “formulários mistos”, essas características tem o poder de colocar em risco informais pessoais do utilizador, como dados bancários ou documentos sensíveis. Sem segurança https, a informação pode ficar visível para outras pessoas, deixando exposto dados sigilosos e permitindo a mudanças de informações incluídas em tais campos.

Formulários perigosos em sites https

Com a atualização do Chrome 86, o Google irá mostrar notificações como é exibido na foto a seguir, que afirma, com letras em vermelho: “Este formulário não é seguro. O autopreenchimento foi desativado”.

Chrome avisa sobre formulários perigosos em sites https
Chrome avisa sobre formulários perigosos em sites https – Foto: Reprodução/Tecnoblog

Embora a companhia tenha desativado o preenchimento automático, ela conta que o gerenciador de senhas do navegador irá continuar trabalhando para criar senhas exclusivas. Do qual se trata de um procedimento mais seguro do que reutilizar senhas em campos do tipo.

Caso o utilizador escolha inserir suas informações, o Google irá garantir mais uma chance para que a ação seja repensada. Para isso, ele exibirá a seguinte mensagem: “A informação que você está prestes a enviar não está segura”.

Chrome avisa sobre formulários perigosos em sites https
Chrome avisa sobre formulários perigosos em sites https – Foto: Reprodução/Tecnoblog

Ao selecionar “enviar mesmo assim”, o utilizador assegura que entende os riscos que o formulário misto mostra.

A solução usada pelo Google até a versão mais nova do navegador é a retirada do cadeado da barra de endereços ao achar formulários mistos. No entanto, conforme uma publicação no site da companhia, “os usuários não acharam essa experiência clara e ela não comunicou com eficácia os riscos associados ao envio de dados em formulários inseguros”.

O Chrome 86 deve ser publicado até outubro de 2020. As novidades aguardadas para a versão incluem uma versão lite para economizar dados em vídeos e uma ferramenta para gastar menos energia.

O que você achou dos formulários perigosos em sites https? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar no botão “Canal do Telegram” no topo direito da página.