Muita gente pensa que o Google está enfurecido com a Microsoft devido ao novo Projeto do Edge baseado no Chromium, mas quem pensa assim está muito enganado. Na verdade, ambas as empresas já começaram a trabalhar juntas, tanto que já temos o primeiro fruto desse trabalho.

Sugestão de texto no navegador web

Já implementado há algum tempo no Windows 10 e no Microsoft Edge, o Google já começou a testar a sugestão de textos na versão Canary do Chrome.

O recurso implica em oferecer sugestões de palavras ao usuário enquanto o mesmo começa a digitar na barra de endereços do navegador usando o teclado digital ou físico do seu dispositivo.

edge

Sugestão de texto no Chrome Canary a direita e no Microsoft Edge a esquerda

O Google acaba de começar a trabalhar no recurso e definiu a prioridade como 2, o que sugere que o recurso esteja disponível mais cedo ou mais tarde na versão estável do Google Chrome. Ele já chegou ao mais novo Chrome Canary e à versão 75.0.111.0 do Microsoft Edge baseada no Chromium.

A esperança é que com o forte abraço que a Microsoft tem dado no universo Open Source, muitas coisas antes disponíveis apenas em produtos Windows, cheguem para aplicações fora do ambiente by Microsoft, o que é muito bom para os consumidores finais, desenvolvedores e empresas.

Veja o burburinho que o Edge baseado no Chromium está causado mesmo antes de seu lançamento oficial. Agora, imagine quando tudo estiver as claras e completamente disponível? Só vejo prós nessa decisão da Microsoft.

O que é o Microsoft Edge baseado no Chromium?

A Microsoft está migrando o navegador Microsoft Edge para a plataforma Chromium de código aberto, a mesma plataforma que alimenta o navegador Google Chrome. E uma vez feito isso, a Microsoft está trazendo o Edge para o macOS também.

O principal aspecto da mudança é com relação ao motor de renderização (engine) do navegador, que deixará de ser o EdgeHTML, proprietário da Microsoft, para dar lugar ao Blink, que vem do Projeto Chromium. Isso tornará o Edge muito mais compatível com tudo que já existe na web.

Os testes internos já começaram, mas ainda não foi liberada uma versão Beta oficial para testadores externos.

Fonte > MSPoweruser