Em muitos níveis, Crash Team Racing Nitro-Fueled é um sucesso retumbante.  Dessa forma, esta recriação da Beenox do original de 20 anos parece e soa como algo fantásticos, já que a reprodução do game está bem próxima ao jogo antigo. Para os fãs, esse game é um remake tão bom quanto você poderia esperar, mas não estamos muito convencidos de que uma “recauchutagem” embelezada é o suficiente.

Veja também o review completo de Wasteland 3!

O que está imediatamente claro é que o desenvolvedor tem uma enorme adoração pelo material de origem, e com razão. Em 1999, Crash Team Racing foi a resposta do PS1 a Mario Kart e Diddy Kong Racing, levando o bandicoot e seus companheiros para as corridas com uma aventura individual desenvolvida e um sistema de boost exclusivo. Na época, era uma alternativa brilhante aos esforços da Nintendo e facilmente o melhor piloto de kart para enfeitar o console original da Sony. Duas décadas depois, o Nitro-Fueled adere estranhamente ao modelo de jogabilidade apresentado pelo primeiro jogo e resulta em um remake que é satisfatório e um pouco “desinteressante” de jogar.

Alguns acertos interessantes

Crash Team Racing: confira o review completo! - Foto: Reprodução/ Game Spot
Crash Team Racing: confira o review completo! – Foto: Reprodução/ Game Spot

Como dissemos, o jogo acerta muitas coisas. Da tela de abertura maravilhosamente animada às faixas minuciosamente detalhadas, muito esforço foi feito para tornar este um remake no mesmo nível de Spyro: Reignited Trilogy. Cada percurso é repleto de conjuntos totalmente novos, mantendo o layout da pista em si, e os resultados falam por si. Da mesma forma, a música refeita e os efeitos soam ótimos. Além disso, a apresentação parece consistente com a da Trilogia de N. Sane.

O manuseio é muito semelhante ao do jogo original, para melhor e para pior. No lado positivo, é um jogo de corrida arcade extremamente “apertado”. Os controles respondem bem e qualquer um que já jogou o jogo antes voltará para ele como um velho par de chinelos. O CTR (abreviação de Crash Team Racing) continua sendo um piloto de kart rápido e divertido que qualquer um pode pegar e jogar. Dito isso, o sistema de drift e boost baseado em habilidade está presente e correto, e você precisará utilizá-lo se quiser acompanhar os surpreendentes desafiadores drivers de IA. No entanto, é uma parte enjoada da corrida que talvez pudesse ter se beneficiado com a modernização.

O nível de desafio é consideravelmente alto

Crash Team Racing: confira o review completo! - Foto: Reprodução/ Game Spot
Crash Team Racing: confira o review completo! – Foto: Reprodução/ Game Spot

Não é que não funcione, apenas parece um pouco rígido. Dessa forma, você pula no ar antes de começar a deslizar com força e, nessa janela de tempo, provavelmente girará demais em uma direção para começar a derrapar confortavelmente. Além do mais, alguns dos designs das pistas antigas da Naughty Dog requerem algumas manobras bastante precisas e o resultado em 2019 é um punhado de curvas tortuosas. Há um argumento de que tudo isso requer prática, mas o fato é que é muito fácil bagunçar curvas fechadas e não é fácil desviar quando o jogo quer que você faça isso.

Na verdade, o nível de desafio exibido no jogo é bastante alto. Mais uma vez, os fãs obstinados irão apreciar isso, mas a maioria dos jogadores terá dificuldades. Além do modo Adventure, onde você pode escolher entre três dificuldades, corridas e contra-relógio, todos têm “expectativas” muito altas. Se isso é uma coisa ruim ou não, depende de você, mas é outra maneira de o jogo ter medo de entrar nos dias modernos.

Personalização e outras mudanças

Crash Team Racing: confira o review completo! – Foto: Reprodução/ Game Spot

Onde não há medo de se modernizar é com a personalização de veículos e personagens. Há um grande número de personagens para jogar, e todos eles têm um punhado de skins, mas o desenvolvedor “enlouqueceu” com os “cosméticos para kart”. Dessa forma, existem dezenas de carrocerias de kart, pinturas, rodas, adesivos e decalques para misturar e combinar. Eles não afetam as estatísticas, então são puramente visuais, mas é divertido escolher sua combinação favorita. Você pode, é claro, exibir seus itens desbloqueados online, onde até oito jogadores podem participar de corridas ou batalhas. De acordo com nossa experiência limitada, o código de rede parece muito sólido, embora isso seja possivelmente ajudado pelo fato de não haver colisão física entre os participantes.

Outra parte do jogo que é decididamente novo é o Wumpa Coins. Essa é uma moeda do jogo que você ganha por fazer basicamente qualquer coisa, e você a gasta no Pit Stop, uma loja onde “cosméticos” e personagens são trocados diariamente. É um sistema bom o suficiente para desbloquear coisas, mas o que é um pouco incõmodo é a forte ênfase no jogo online. Dessa forma, você ganhará muito mais moedas Wumpa se jogar online. Boa sorte para conseguir qualquer coisa no Pit Stop se você quiser apenas jogar o modo Adventure ou dividir a tela com seus amigos.

Conclusão

Crash Team Racing: confira o review completo! - Foto: Reprodução/ Game Spot
Crash Team Racing: confira o review completo! – Foto: Reprodução/ Game Spot

Não queremos soar muito negativos sobre o novo Crash Team Racing, pois há muito o que gostar aqui. É um kart de corrida bem feito que geralmente joga bem e está repleto de conteúdo e maneiras de jogar. É que, apesar da apresentação atualizada e recursos modernos, ainda parece um jogo de 1999. Para alguns, isso será uma coisa boa, e certamente é divertido por um tempo, mas a jogabilidade traz consigo os contras.

De qualquer maneira, o game é um remake que parece e soa brilhante. Crash Team Racing Nitro-Fueled é um remake feito com amor de um piloto de kart muito amado. O jogo online e a customização trazem chutes e gritos para o século 21, mas por mais divertida que seja a corrida rápida, ela talvez se prenda um pouco demais ao modelo original. A dificuldade elevada e algum design de pista implacável significam que parece um pouco datado. No entanto, é difícil não sorrir enquanto você perambula por faixas familiares, colocando caixas de TNT e cantarolando junto com a música. Os fãs vão adorar o que a Beenox fez, mas para todos os outros, basta estar ciente das tendências retro do jogo antes de pisar no acelerador.

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar em “Canal do Telegram” que está localizado no canto superior direito da página!