O Google Fit é o aplicativo “fitness” do Google. Dessa forma, não é um aplicativo que funciona como uma rede social ou oferece desafios semanais de condicionamento físico. Em vez disso, o Google Fit se concentra na simplicidade e em executar algumas coisas essenciais muito bem.

Veja também como atualizar o Google Play Services!

Existem vantagens e desvantagens nessa abordagem, que exploraremos em nosso abrangente guia do Google Fit.

Perfil do Google Fit e navegação no aplicativo

Google Fit: entenda o que é e como funciona- Foto: Reprodução/Jimmy Westenberg / Autoridade Android
Entenda o que é o aplicativo e como funciona – Foto: Reprodução/Jimmy Westenberg/Android Authority

Os aplicativos de condicionamento físico podem ser um sucesso ou um fracasso. Alguns estão cheios de recursos e exigem uma curva de aprendizado, enquanto outros têm um design intuitivo, mas não muitos. Dessa forma, o Google Fit se enquadra na última categoria. Dependendo do tipo de usuário que você é, você achará que o Google Fit é a melhor coisa de sempre ou muito simples para o que você precisa.

Depois de falar um pouco de você para o Google Fit (sexo, data de nascimento, peso e altura), você verá uma rápida explicação das duas principais métricas de atividades do aplicativo: “Mover em minutos” e “Pontos cardíacos” (você verá mais sobre isso posteriormente). Depois disso, você se encontrará na tela inicial do aplicativo.

Seções principais do Aplicativo

Existem três seções principais do aplicativo Google Fit: Página inicial, Diário e Perfil. Uma breve descrição de cada um pode ser encontrada abaixo:

  • Página inicial: A tela inicial mostra uma visão geral das atividades e métricas de saúde do dia atual, incluindo “Mover em minutos” e “Pontos cardíacos”, medidas tomadas, calorias queimadas, distância percorrida, dados de freqüência cardíaca e peso;
  • Diário: O Diário também pode ser chamado de agenda. É uma lista simples e rolável de todas as suas atividades gravadas, seja uma curta caminhada ou um longo mergulho;
  • Perfil: na página Perfil, você ajustará seus minutos de movimento e pontos cardíacos, além de informações pessoais.

Volte para a guia Página inicial e clique no widget de perfil grande na parte superior. Isso levará você a um resumo de suas estatísticas de atividades diárias, semanais e mensais na forma de minutos de movimento e pontos cardíacos. Além disso, se você rolar o seu histórico e desejar mais detalhes sobre as estatísticas da sua atividade para esse dia, clique no dia e você encontrará todas as suas atividades registradas. A partir disso, você pode clicar em uma atividade individual para ver mais detalhes minuciosos, como distância, passos, calorias e métricas de ritmo.

Entenda o que é o aplicativo e como funciona – Foto: Reprodução/Android Authority

Há também um pequeno botão de ação “flutuante” no canto inferior direito que permite rastrear manualmente um treino ou adicionar uma atividade, medição de peso ou leitura da pressão arterial.

Modo escuro

A partir da versão 2.16.22, o Google Fit apresenta um modo escuro! Dessa forma, se você tiver um telefone Android com tela OLED, o modo escuro ajudará a economizar um pouco da bateria. Além disso, o modo Escuro é encontrado em todas as telas do Google Fit. Em qualquer lugar que você tocar, você verá um fundo cinza escuro com detalhes em verde e azul.

Google Fit: entenda o que é e como funciona- Foto: Reprodução/Android Authority
Entenda o que é o aplicativo e como funciona – Foto: Reprodução/Android Authority

Mover em minutos e pontos cardíacos

Entenda o que é o aplicativo e como funciona – Foto: Reprodução/Jimmy Westenberg/Android Authority

O Google Fit aborda as coisas de maneira diferente de outros aplicativos de fitness. Você ainda pode verificar métricas comuns, como sua frequência cardíaca e contagem de passos, mas o aplicativo combina suas métricas de atividade para que elas signifiquem algo. Por exemplo, você pode perceber que sua caminhada no almoço levou cerca de 22 minutos para ser concluída, mas o que isso significa para sua saúde geral? Como isso afeta você? E quais objetivos você precisa alcançar para se manter saudável?

O Google trabalhou com a American Heart Association para criar dois objetivos com base nas recomendações de atividades para o coração. Os resultados são minutos de movimento e pontos cardíacos.

  • Mover em minutos: Mover em minutos é outra maneira de dizer “tempo ativo”. Você ganha minutos de movimento por cada atividade física que pratica, incluindo caminhadas, corridas, banhos e ioga;
  • Pontos cardíacos: os pontos cardíacos são ganhos quando você realiza atividades em um ritmo mais alto. Você ganha um Heart Point por minuto de exercício moderadamente intenso, como em uma caminhada rápida. Além disso, você também ganha o dobro de pontos cardíacos se participar de atividades mais intensas como uma corrida longa.

O objetivo do Google com Move Minutes e Heart Points é facilitar a compreensão dos resultados do exercício. É uma abordagem diferente do que outros aplicativos de fitness oferecem, mas isso não é uma coisa ruim. Isso significa apenas que, se você já está acostumado a rastrear sua forma física com outro aplicativo, talvez não queira entrar no Google Fit. No entanto, o foco em minutos de movimento e pontos cardíacos é uma maneira muito valiosa de ensinar aos usuários como se manterem saudáveis.

Aplicativos compatíveis com o Google Fit

Google Fit: entenda o que é e como funciona- Foto: Reprodução/Android Authority
Entenda o que é o aplicativo e como funciona – Foto: Reprodução/Jimmy Westenberg/Android Authority

O Google Fit é seu “próprio aplicativo” – por que você deseja conectá-lo a outro aplicativo de fitness? Há algumas razões.

Digamos que você use um dispositivo Garmin para rastrear seus treinos por meio de um aplicativo como o Runtastic, mas você realmente ama as métricas de minutos de movimento e pontos cardíacos do Google Fit. Dessa forma, se você conectar sua conta do Google Fit ao Runtastic, seus dados de condicionamento físico serão transferidos automaticamente para o Google Fit.

Além disso, você também pode conectar o Google Fit a outro aplicativo se estiver usando um dispositivo Wear OS. Como já discutimos, o aplicativo de fitness do Google não é o aplicativo mais versátil do mercado. Portanto, se você deseja acompanhar sua atividade em um aplicativo mais poderoso, como Strava ou Runkeeper, conectar sua conta do Google Fit a um aplicativo de terceiros será suficiente.

Todos os aplicativos compatíveis

Quais aplicativos são compatíveis com o Google Fit? Confira alguns dos aplicativos mais populares compatíveis com a ferramenta do Google abaixo:

  • Calorie Counter – Asken Diet;
  • Lost It!;
  • Under Armour Record;
  • Workout Trainer;
  • Runkeeper;
  • Runtastic;
  • Nike Run Club;
  • Pokémon Go;
  • Fitwell;
  • Runtastic Results Fitness & Home Workouts;
  • Calm;
  • MyFitnessPal – Calorie Counter;
  • 8fit Workouts & Meal Planner;
  • Run with Map My Run;
  • Map My Fitness Workout Trainer;
  • Walk with Map My Walk;
  • Drink Water Reminder;
  • BodySpace;
  • Sleep As Android;
  • Daily Yoga;
  • Strava;
  • Dreem Coach;
  • Polar Flow;
  • Mindbody;
  • Clue Period Tracker;
  • HealthifyMe;
  • Moto Body;
  • Monitor Your Weight;
  • Runtastic PRO;
  • Calorie Counter by FatSecret;
  • Endomondo;
  • Instant Heart Rate;
  • Instant Heart Rate Plus;
  • Noom;
  • Withings Health Mate;
  • Map My Ride;
  • Seven – 7 Minute Workout;
  • Progression Workout Tracker;
  • Weight Track Assistant;
  • Runtastic Steps;
  • PlexFit for Pebble;
  • SmartBand Talk SWR30;
  • SmartBand 2 SWR12;
  • Pedometer;
  • Glow: Fertility Calculator;
  • Instant – Quantified Self, Track Digital Wellbeing;
  • Qardio;
  • Freeletics;
  • Jefit;
  • Lifesum;
  • Walgreens;
  • Headspace;
Entenda o que é o aplicativo e como funciona – Foto: Reprodução/Android Authority

Além disso, você também pode agendar exercícios recorrentes com o Google Fit no Google Agenda. Dessa forma, para fazer isso, abra o Google Agenda, toque no botão “+” no canto inferior direito e toque em “Exercício”. A partir disso, você pode escolher quais exercícios deseja agendar (corrida, caminhada, ioga, caminhada etc.), com que frequência deseja que o exercício se repita, a duração do exercício e a que hora do dia gostaria de exercitar.

Dispositivos compatíveis com o Google Fit

Entenda o que é o aplicativo e como funciona - Foto: Reprodução/Jimmy Westenberg/Android Authority
Entenda o que é o aplicativo e como funciona – Foto: Reprodução/Jimmy Westenberg/Android Authority

Vários dispositivos de condicionamento físico e saúde são compatíveis com o Google Fit, a maioria deles sendo os relógios inteligentes Wear OS. Dessa forma, a ferramenta do google é o aplicativo de fitness padrão para dispositivos Wear OS, portanto, você poderá usar o Google Fit se comprar um smartwatch Wear OS .

Todo smartwatch do Wear OS é compatível com a ferramenta do Google, embora os dados que o aplicativo registre dependam de qual relógio você está usando. Por exemplo, o Google Fit não poderá registrar dados de frequência cardíaca se você estiver usando um dispositivo Wear OS sem um sensor de frequência cardíaca, como o Skagen Falster mais antigo. Se o seu relógio Wear OS não tiver um sensor de frequência cardíaca, mas você possuir um sensor de frequência cardíaca independente, poderá conectar esse dispositivo a ferramenta do Google para ver seus dados de frequência cardíaca.

Outros dispositivos com sistema operacional não-Wear também funcionam com o Google Fit, embora haja muito menos deles. Notavelmente, o Xiaomi Mi Band 3 e o Mi Band 4 funcionam com o Google Fit, bem como com o Huawei Band 3 Pro. Além disso, outros dispositivos compatíveis com a ferramenta do Google incluem as balanças inteligentes Withings Move and Move, Withings Body Cardio, Body e Body Plus, Eufy Smart Scale, Smart Scale C1, Smart Scale P1 e até mesmo o antigo Sony SmartBand. Todos os dispositivos Polar também são compatíveis com o Google Fit.

Se você possui um dispositivo Fitbit e deseja que seus dados de condicionamento físico sejam transferidos para a ferramenta do Google, existe um aplicativo de terceiros para isso, mas não existe uma maneira oficial de conectar suas contas a partir do próprio aplicativo Fitbit.

Você precisa do aplicativo Google Fit se já possui um dispositivo compatível com o Google Fit?

Entenda o que é o aplicativo e como funciona – Foto: Reprodução/Jimmy Westenberg/Android Authority

Não, mas você não terá a melhor experiência dessa maneira. Os relógios inteligentes e os rastreadores de fitness não têm telas grandes, dificultando a visualização de informações detalhadas da atividade. A instalação do aplicativo Google Fit no seu telefone garantirá que você obtenha o máximo de dados da melhor maneira possível. De qualquer forma, para baixar o aplicativo no aparelho android, basta clicar aqui. Por outro lado, caso você tenha um aparelho iOS, clique aqui.

Além disso, se você deseja conectar sua conta do Google Fit a outro aplicativo de condicionamento físico que não está disponível no seu relógio, será necessário fazer o download do aplicativo do Google Fit no seu telefone.

O que está faltando no Google Fit?

Entenda o que é o aplicativo e como funciona – Foto: Reprodução/Jimmy Westenberg/Android Authority

Os pontos fortes do Google Fit estão na sua simplicidade. Essencialmente, é a versão do aplicativo de um rastreador de atividades básico – ele acompanha suas métricas de saúde mais simples e não muito mais.

O principal aspecto que falta no Google Fit é qualquer tipo de plataforma social. Outros aplicativos populares de fitness, como Fitbit ou Strava, enfatizam a comunidade. Ser capaz de entrar em contato com uma comunidade de pessoas afins para ajudá-lo em sua jornada de fitness pode ser extremamente útil em determinadas situações. O aplicativo da Fitbit, por exemplo, permite que você participe de grupos de saúde e fitness, poste atualizações de status e fotos, comente nas postagens e peça conselhos, se necessário. O Strava se concentra mais na progressão da atividade e em manter-se atualizado sobre o desempenho de seus amigos. Nada disso está disponível no Google Fit.

Fitbit vs Garmin: Qual ecossistema é ideal para você?

O aplicativo também não possui programas de treinamento. Este é certamente um recurso avançado que nem todos os aplicativos de fitness têm, mas vale a pena mencioná-lo.

Além disso, o Google Fit também não exibe progresso ao longo do tempo em determinadas atividades. Você não pode clicar em uma atividade em execução e ver como progrediu nas semanas ou meses anteriores. Você pode fazer isso com peso, freqüência cardíaca, minutos de movimento e pontos cardíacos, mas não com exercícios.

Também não há registro de comida ou água no Google Fit, embora você possa acompanhar o seu peso.

Algumas dessas coisas seriam desculpáveis ??se houvesse um site do Google Fit que desse aos usuários mais opções e recursos (alguns aplicativos enviam os recursos mais avançados para a web para manter os aplicativos móveis mais limpos). Infelizmente, o Google fechou a interface da web do Google Fit em fevereiro de 2019, para que o aplicativo seja tudo o que você obtém.

Entenda o que é o aplicativo e como funciona – Foto: Reprodução/Jimmy Westenberg/Android Authority

No geral, o Google Fit é um começo sólido para o que poderia um dia ser um poderoso aplicativo de condicionamento físico. No momento, é simples, limpo e compatível com vários outros aplicativos de condicionamento físico e saúde. Além disso, Move Minutes e Heart Points são métricas genuinamente úteis que, sem dúvida, ajudarão as pessoas a se manterem saudáveis. Se o Google Fit é o aplicativo para você, provavelmente dependerá de que tipo de atleta você é e se já investiu ou não em outro aplicativo.

Fonte: Android Authority

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar em “Canal do Telegram” que está localizado no canto superior direito da página!