Em 2014, John Wick: De Volta Ao Jogo admirou os fãs de ação ao incluir os clichês mais populares do gênero de uma nova maneira. O orçamento de US$ 20 milhões do primeiro filme resultou na criação da imensa série, que hoje tem mais de US$ 583 milhões com seus três filmes publicados.

Filmes mais assistidos 2019: confira a lista!

A possibilidade da franquia se transformar ainda maior não foi reconhecida somente pelo público, mas também pelos desenvolvedores. Dessa forma, há quatro planos afirmados até o momento que incluirão mais uma vez o mundo dos assassinos de aluguel às telas.

Confira o que você pode esperar:

John Wick 4 e 5

John Wick 3 – Parabellum foi o longa mais famoso da série; a produção garantiu mais de US$ 326 milhões para um orçamento de US$ 75 milhões. E diferente do que poderia se esperar com a expectativa de finalização da trilogia, um gancho claro foi implantado no fim do longa.

Spoiler de John Wick!

Depois de ser caçado por ter assassinado Santino D’Antonio (Riccardo Scamarcio) nas dependências do Continental de Nova York em John Wick: Um Novo Dia Para Martar, o personagem principal interpretado por Keanu Reeves finaliza a trama com um tipo de Winston (Ian McShane), o dono do hotel.

Winston é amigo de John, então, hipoteticamente, realizou o ato de forma planejada para o salvar, de uma forma que não falecesse; para que não fosse assassinado pela Alta Cúpula. A organização de assassinos também perseguiu Bowery King (Laurence Fishburne), chefe do submundo que na última cena resgata Wick e, ao que tudo indica, finge uma aliança com ele para finalizar com os líderes da instituição criminosa.

De acordo com o diretor e um dos principais nomes diante da franquia, Chad Stahkelski (via Hollywood Reporter), antes mesmo de confirmar o quarto filme, ele e o time imaginavam no que poderiam trazer para o futuro: “Como 90% do que tiramos [de Parabellum], há um lugar em John Wick 4 que eu definitivamente posso reinserir.”

O próximo longa viria aos cinemas no dia 21 de maio de 2021. No entanto, por causa da pandemia do COVID-19 foi postergado para 27 de maio de 2022.

Quanto a John Wick 5, se trata do comunicação mais recente da série. O CEO da Lionsgate, John Feltheimer, afirmou que tem esperanças que o quinte filme seja gravado junto com o quarto no começo do ano que vem (via Deadline).

The Continental

O primeiro spin-off comunicado de John Wick foi o seriado da Starz, The Continental. Como o próprio nome indica, os episódios irão focar o hotel de assassinos dos longas.

O presidente da companhia, Jeffrey Hirsch, disse em janeiro que o seriado só seria publicado depois de John Wick 4. Por isso, com a pandemia do corona vírus, a estreia do projeto deve ser adiada mais uma vez.

O plot será uma trama de origem, então há possibilidades de Keanu Reever realizar uma participação como o Baba Yaga (nome dado pelos seus rivais). Stahelski anunciou que já alguns dados a respeito do desenvolvimento de The Continental que necessitam ser arrumados e são prioridades na continuação da produção.

Ballerina

John Wick 5 pode finalizar o caminho do mercenário nas telas. No entanto, o cinema ainda visualizará outros dos seus rivais. O derivado irá contar a trama de vingança da “bailarina”, após a morte de seus parentes. O inicio perfeito para um reboot disfarçado, concorda?

A posição de diretor é ocupada por Len Wiseman, de Duro de Matar 4.0, enquanto o roteiro será de Shay Hatten, que também auxiliou a formular o texto de John Wick 3 – Parabellum. Stahelski e Reever são produtores do filme.

Conforme o site Deadline, a protagonista do spin-off fez uma participação no terceiro filme do matador de aluguel; ela é uma das bailarinas/matadoras dos russos. No entanto, a conexão dela com a franquia principal ainda não está clara, ainda que haja boatos de que Chloë Grace Moretz (Vizinhos 2) possa interpretá-la.

Ainda não há dados sobre a data de estreia de Ballerina.

O que você achou do futuro da franquia de John Wick? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar no botão “Canal do Telegram” no topo direito da página.