A Huawei confirmou que a nova série Mate 40 será o último de seus carros-chefe a incluir um processador Kirin. Isso ocorre porque a proibição dos EUA impediu a TSMC de vender chips para a gigante chinesa de tecnologia. Além disso, a empresa ainda está procurando possíveis fornecedores de chips. E, ao que parece, que a MediaTek pode ser a única empresa disposta a agir e vender chips para Huawei.

Sistema da Huawei para celular será lançado em 2021

A MediaTek anunciou que apresentou formalmente um pedido de licença para vender chips para a Huawei. Os EUA farão alguns ajustes à proibição atual em 15 de setembro para fechar brechas que impediriam a MediaTek e outras empresas de vender produtos para a Huawei. Vamos lembrar que a MediaTek também é uma empresa chinesa, mas “reitera seu respeito por seguir ordens e regras relevantes sobre o comércio global e já solicitou permissão com o lado dos EUA de acordo com as regras”.

A Huawei precisa encontrar uma fonte de processadores e a MediaTek pode ser a mais adequada para essa posição. No entanto, se a administração Trump decidir negar o pedido, a Huawei ficará sem processadores para dispositivos futuros. Ambas as empresas chinesas também poderiam escolher ignorar a proibição e trabalhar juntas, mas, neste momento, não podemos dizer ou começar a prever o que pode acontecer.

Fonte: Pecketnow

O que você achou do MediaTek pedir permissão para vender chips para Huawei? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar no botão “Canal do Telegram” no topo direito da página.