Nova aeronave sustentável em forma de V conclui primeiro voo de teste. A Universidade Técnica de Delft divulgou esta semana que finalizou o primeiro voo teste do Flying-V, aeronave que tem forma de V. De acordo com os pesquisadores, a forma aerodinâmica da nova aeronave pode causar uma diminuição de 20% no uso de combustível ao comparar com os aviões atuais.

Simuladores de Voo: saiba quais são os melhores

O plano é realizado em parceria com a KLM, companhia holandesa de navegação.

Até então, o time da universidade ainda está trabalhando nos detalhes da aeronave. Uma versão de 3 metros de envergadura foi desenvolvida para testar a viabilidade da forma e realizou seu primeiro voo teste. Embora tenha tido uma aterrissagem com algumas complicações, o teste foi visto como bem-sucedido.

“Uma das nossas preocupações era que a aeronave pudesse ter alguma dificuldade em decolar, por conta de cálculos prévios que mostraram que rotação poderia ser um problema,” disse Roelof Vos, líder do time de pesquisa, ao portal da universidade. “O time aprimorou o modelo de voo para evitar esse problema, mas você precisa voar para ter certeza.”

Vos também afirmou que as complicações na aterrissagem serão adicionadas no simulador de voo, para que o time possa solucionar esses pontos antes do próximo teste.

Tanto a KLM quanto a Universidade Técnica de Delft têm expectativa que a aeronave sustentável em forma de V seja o avanço da aviação. O menor uso de energia minimizaria as consequências ambientais de voos de longa-distância.

Um fato sobre a forma final é que as cabines de passageiros são localizadas nas asas do Flying-V. Além disso, a KLM também tem expectativas de ofertar para os passageiros poltronas mais leves e confortáveis que as de uma aeronave comum.

Gostou da aeronave sustentável em forma de V?

O que você achou da aeronave sustentável em forma de V? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar no botão “Canal do Telegram” no topo direito da página.