Novas GeForce RTX 3000 têm até o dobro de desempenho da RTX 2080 T. A Nvidia divulgou na última terça (01) a nova geração de placas de vídeo GeForce RTX 3000. Além disso, em uma exibição online, o CEO da empresa, Jensen Huang, afirmou o que todos os boatos indicavam: as GPUs irão ter desempenho até duas vezes maior ao comparar com a RTX 2080 Ti.

Melhor PC Gamer: saiba quais são os melhores em 2020!

De acordo com Huang, devido às atualizações proporcionadas pela nova arquitetura Ampere, as novas RTX 3000 representa o maior avanço de desempenho da história da Nvidia.  “Daqui a 20 anos, olharemos para trás e veremos que o futuro dos games começou agora”, disse. E quais exatamente são essas atualizações?

Novas GeForce RTX 3000 têm até o dobro de desempenho da RTX 2080 Ti

Para iniciar, é importante ressaltar os novos processadores de fluxo e a segunda geração de núcleos RT dedicados, que oferecem taxas de transferência o dobro de velocidade que as GeForce RTX com base na arquitetura Turing. Além disso, proporciona ray tracing, sombreamento e computação ao mesmo tempo. Os núcleos Tensor também tiveram updates para sua terceira geração e agora oferecem duas vezes mais desempenho ao comparar com a geração anterior. Isso em tarefas que precisam de ferramentas de inteligência artificial, como o DLSS.

Outras boas inclusões são os novos chips de memória GDRR6X criados pela Nvidia juntamente com a Micron. Conforme a desenvolvedora, é essa tecnologia que torna possível as novas placas de vídeo possuírem até 1TB/s de largura de banda. Além disso, junto com isso, também há o RTX IO, nova ferramenta que torna possível o carregamento e descompressão de assets até 100x mais veloz que discos rígidos e APIs clássicos de armazenamento.

A junção dessas novas tecnologias ajudam para que as novas GeForce RTX 3000 consigam, não apenas serem mais potentes, como oferecerem mais FPS e mais qualidade gráfica que qualquer outra placa de vídeo disponível.

Novas GeForce RTX 3000 têm até o dobro de desempenho da RTX 2080 T
Novas GeForce RTX 3000 têm até o dobro de desempenho da RTX 2080 Ti – Foto: Reprodução/CanalTech

Versões da GeForce RTX 3000

Afinal, quais as versões da GeForce RTX 3000 que ficarão disponíveis? No total, a Nvidia afirmou três delas: GeForce RTX 3070, GeForce RTX 3080 e GeForce RTX 3090.

GeForce RTX 3070

GeForce RTX 3070 é a placa inicial da nova série de placas de vídeo da Nvidia. Embora serja a versão mais simples, ela garante desempenho igual aos das atuais RTX 2080 Ti com uma grande diferença: é ao menos metade do valor do que no exterior. Ao comparar com a sua antecessora direta, a RTX 2070, a melhora na performance são sensíveis, e em média, 60% melhores. Isso sem necessitar das novas memórias GDDR6X, já que possui 8 GB GDDR6 e barramento de 320 bits. Com largura de banda de 512 GB/s e TDP de 220 W, a expectativa é que a versão oferte ao utilizador poder o bastante para rodar games em 4K e 1440p sem complicações.

Novas GeForce RTX 3000 têm até o dobro de desempenho da RTX 2080 T
Novas GeForce RTX 3000 têm até o dobro de desempenho da RTX 2080 Ti – Reprodução/CanalTech

GeForce RTX 3080

No intermediário, a GeForce RTX 3080 será o carro-chefe desta nova geração de GPUs. Isso porque, por meio dela, o utilizador já tem duas vezes mais de desempenho ao comparar com a RTX 2080. Boa parte disso por causa dos 10 GB da nova memória GDDR6X, barramento de 320 bits, 4352 núcleos CUDA, 760 GB/s de largura de banda e 320W de TDP para rodar games a 60 FPS em resolução 4K.

placas de vídeo
Novas GeForce RTX 3000 têm até o dobro de desempenho da RTX 2080 Ti – Reprodução/CanalTech

GeForce RTX 3090

Por fim, a mais sofisticada é a a GeForce RTX 3090. A performance é surreal e indica que a Nvidia não está de brincadeira. No total, são 24 GB de memória GDDR6X com barramento de 384 bits e 5248 núcleos CUDA rodando a 1.695 MHz para rodar games em 8K e a 60 FPS. Para ter uma ideia do que isso significa,  a RTX 2080 Ti tem “somente” 11 GB de memória GDDR6 e 4352 núcleos CUDA. Enquanto a Titan RTX (até então a mais avançada das placas gráficas) tem desempenho 50% menor ao comparar com a nova versão. É poder o suficiente para criar uma nova era nos computadores gamers.

placas de vídeo
Novas GeForce RTX 3000 têm até o dobro de desempenho da RTX 2080 Ti – Reprodução/CanalTech

Diferenças de modelo

Mesmo com as configurações distintas em cada versão, todas elas terão especificações que foram bem explicadas pela Nvidia no curso da exibição. Uma das alterações mais faladas nas últimas semanas foi a alteração no padrão de alimentação, que agora irá usar um novo conector de 12 pinos. E mesmo que já tenham sido divulgadas algumas fontes com esse novo projeto, a desenvolvedora garantiu que possui compatibilidade com o padrão atual de 8 pinos por causa de um adaptador que está instalado.

Todas as versões também terão um novo sistema de refrigeração Dual-Axial Flow-Through. Além disso, em vez de lançar ar frio em cima dos componentes e da PCB, essa novidade realiza o push and pull e garante a circulação de ar por dentro das placas. O objetivo é diminuir a temperatura de pico de operação em até 30ºC e otimizar o desempenho ao mesmo tempo que permanece imensamente silencioso.

Por fim, as GPUs são lançadas de forma compatível com HDMI 2.1 e com o novo codec AV1. Por causa disso, os utilizadores irão ter suporte a TVs 8K HDR com apenas um cabo e usando até 50% menos banda de dados ao transmitir vídeos online.

placas de vídeo
Novas GeForce RTX 3000 têm até o dobro de desempenho da RTX 2080 Ti – Reprodução/CanalTech

Novas ferramentas

A Nvidia também usou a exibição para afirmar a publicação de três novas ferramentas exclusivas das GeForce RTX 3000. A garantia é aperfeiçoar a experiência geral não somente dos gamers, mas também dos streamers, criadores de conteúdo e pro players.

Com foco em profissionais de de eSports, o Nvidia Reflex trabalhará juntamente com monitores compatíveis com G-Sync para diminuir ainda mais a latência em games competitivos como Apex LegendsCall of Duty: WarzoneFortnite e Valorant. Além disso, com tecnologias como o Reflex Low-Latency Mode, as novas GPUs irão detectar os cliques do mouse irão medir o tempo que leva para os pixels que são resultados disso alterarem na tela para diminuir a latência em até 50%.

Quanto ao plugin Nvidia Broadcast tornará possível para que os streamers melhorem a qualidade de seus microfones e webcams com efeitos de inteligência artificial executados pelas RTX 3000 para excluir ruído de áudio, e adicionar fundo virtual e enquadramento automático. Por fim, o Omniverse Machinima oferta aos criadores de conteúdo e produtores audiovisuais um conjunto completo para eles misturarem conteúdos gravados em jogo com a ajuda da IA para renderizar e fazer vídeos com qualidade profissional. O Omniverse Machinima começará em breve um período de testes e você tem a possibilidade de se inscrever para testar no site oficial.

GeForce RTX 3000: valores e disponibilidade

As novas GeForce RTX 3000 ficarão disponíveis por meio de desenvolvedoras parceiras da Nvidia. O que inclui ASUS, EVGA, Galax, Gigabyte etc. A publicação será feita de maneira separada conforme o agendamento e os possíveis valores a seguir:

  • GeForce RTX 3080: 17 de setembro, por a partir de US$ 699 (valor igual ao da RTX 2080);
  •  GeForce RTX 3090: 24 de setembro, por a partir de US$ 1.499;
  •  Por fim, GeForce RTX 3070: em outubro, por a partir de US$ 499 (menos da metade da RTX 2080 Ti).

Ainda não possui uma de publicação e nem supostos valores no território brasileiro.

Novas GeForce RTX 3000 têm até o dobro de desempenho da RTX 2080 T. O que você achou da novidade? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar no botão “Canal do Telegram” no topo direito da página.