Um grupo bipartidário de senadores está soando o alarme antitruste nesta sexta-feira. Isso aconteceu devido a a recém-anunciada aquisição do Giphy, um site de criação e compartilhamento de GIFs pelo Facebook. E essa é uma das novidades do Instagram: com essa aquisição, o aplicativo terá suporte nativo para as figurinhas Giphy.

Na sexta-feira, o Facebook anunciou que compraria o Giphy pelo preço de US $ 400 milhões. O Giphy é um dos maiores sites de GIF da Internet. Além disso, serviços de mídia social e de mensagens como Twitter, Tinder, Slack e iMessage já tem o Giphy integrado em seus aplicativos.

Em uma postagem no blog de sexta-feira, o Facebook disse que metade do tráfego do Giphy vem de aplicativos do Facebook. Além disso, disse que o site de gif seria transferido para o Instagram, um produto de propriedade do Facebook. O aplicativo do Instagram é cheio de novidades e incluir novos pacotes de figurinha pode ser uma nova cartada para o Facebook.

Nesse mesmo post, o Facebook sugeriu que a função principal do Giphy como um aplicativo de compartilhamento de GIF nas mídias sociais não mudaria. Além disso, foi afirmado que os desenvolvedores “continuariam tendo o mesmo acesso” a seus serviços. No entanto, é comum que as novidades implementadas no Instagram outros aplicativos do Facebook venham de empresas próprias.

Ainda assim, essa promessa não aquietou o crescente coro de congressistas preocupados com o potencial comportamento anticoncorrencial do Facebook. Em declarações na sexta-feira, o senador republicano Josh Hawley (R-MO) e as democratas Sens. Elizabeth Warren (D-MA) e Amy Klobuchar (D-MN) estavam céticas em relação ao acordo.

“O Facebook continua procurando ainda mais maneiras de obter nossos dados”, disse Hawley em comunicado ao The Verge. Além disso, “assim como o Google comprou a DoubleClick devido à sua presença generalizada na Internet e à capacidade de coletar dados, o Facebook quer o Giphy para que ele possa coletar ainda mais dados sobre nós. O Facebook não deve adquirir nenhuma empresa enquanto estiver sob investigação antitruste de suas compras anteriores”.

A aquisição do Giphy pelo Facebook soa o alarme antitruste

Nas últimas semanas, democratas como Warren, Klobuchar, Rep. Alexandria Ocasio-Cortez (D-NY) e Rep. David Cicilline (D-RI) pediram maior escrutínio sobre grandes fusões corporativas em meio à nova pandemia de corona vírus. Warren e Ocasio-Cortez anunciaram planos para introduzir a “Lei Antimonopólio Pandêmica” que imporia uma moratória às grandes fusões até a Comissão Federal de Comércio “determinar que pequenas empresas, trabalhadores e consumidores” não estavam mais “sofrendo sérias dificuldades financeiras”.

Em comunicado divulgado na sexta-feira, um porta-voz de Warren pediu a aprovação deste projeto de lei à luz da compra do Giphy pelo Facebook. “A aquisição do Facebook é outro exemplo de empresa gigante que usa a pandemia para consolidar ainda mais o poder – desta vez é uma empresa com histórico de violações de privacidade, ganhando mais controle sobre as comunicações online”, disse o porta-voz de Warren.

No início desta semana, Klobuchar assinou uma carta com Warren e Cicilline para o Federal Reserve e o Departamento do Tesouro solicitando a suspensão de todas as fusões entre grandes empresas que receberam financiamento de “resgate” dos pacotes de alívio do corona vírus do Congresso. Além disso, Klobuchar disse em comunicado na sexta-feira que o “Departamento de Justiça ou a Comissão Federal de Comércio deve investigar esse acordo proposto”.

Klobuchar continuou: “Muitas empresas, incluindo algumas rivais do Facebook, contam com a biblioteca de conteúdo compartilhável e outros serviços do Giphy, por isso estou muito preocupado com essa proposta de aquisição”.

Lei antitruste durante a pandemia

Os republicanos reagiram amplamente aos pedidos dos democratas por uma moratória de fusão. Em uma carta no início desta semana, os republicanos solicitaram ao Departamento de Justiça e à FTC que recusassem qualquer alteração na aplicação da lei antitruste durante a pandemia. “Infelizmente, essas ideias são parte integrante do socialismo latente adotado por muitos democratas modernos, o que representa uma ameaça existencial à superioridade econômica da América”, escreveram os republicanos.

Makan Delrahim, o principal agente antitruste do Departamento de Justiça, disse à CNBC na quarta-feira que seria “mal orientado apenas bloquear todas as tentativas de transações”.

Fonte: Theverge

O que você achou dessa novidade que será implementada no Instagram? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar no ícone azul da rede social ao lado!