Você já reparou que algumas URLs começam com “http://”, enquanto outras iniciam com “https://”? Talvez você tenha notado esse “s” extra quando navegava em sites que exigem informações confidenciais, como quando você paga contas on-line. Mas de onde veio esse “s” extra, e o que isso significa? De forma simplificada, o “s” extra significa que sua conexão com esse site é segura e criptografada. Portanto, todos os dados inseridos são compartilhados com segurança nesse site. A tecnologia que alimenta esse pequeno “s” é chamada SSL, que significa “Secure Sockets Layer”.

Veja também o que é Blockchain!

Como consumidor, você sempre deseja ver “https://” ao visitar qualquer site em que confie com suas informações essenciais. Como profissional de marketing, convém ter um SSL ou dois para o seu público. Portanto, vamos falar sobre por que o SSL é um grande negócio.

O que é um SSL?

O que é SSL? Descubra aqui o que esse isso significa!
O que é SSL? Descubra aqui o que esse isso significa! – Reprodução/Hubspot

SSL é a tecnologia de segurança padrão para estabelecer um link criptografado entre um servidor da web e um navegador. Dessa forma, esse link garante que todos os dados passados entre o servidor da web e o navegador permaneçam privados

Quando você acessa uma página com um formulário preenchido e clica em “enviar”, as informações inseridas podem ser interceptadas por um hacker em um site não seguro.

Essas informações podem ser desde detalhes de uma transação bancária até o que você insere para se registrar em uma oferta. No jargão dos hackers, essa “interceptação” costuma ser chamada de “ataque do homem do meio”.

Uma das maneiras mais comuns de um ataque é o seguinte: um hacker coloca um programa de escuta pequeno e não detectado no servidor que hospeda um site. Esse programa espera em segundo plano até que um visitante comece a digitar as informações no site e será ativado para começar a capturar as informações e enviá-las de volta ao hacker.

Um pouco assustador, certo?

Mas quando você visita um site criptografado com SSL, seu navegador forma uma conexão com o servidor da web, analisa o certificado SSL e vincula seu navegador e o servidor. Essa conexão de ligação é segura para garantir que ninguém além de você e o site possam ver ou acessar o que você digita.

Essa conexão acontece instantaneamente e, de fato, alguns sugerem que é mais rápido do que conectar-se a um site não seguro. Você simplesmente precisa visitar um site com SSL e pronto: Sua conexão será automaticamente protegida.

Então é uma tecnologia de segurança?

Um SSL é uma tecnologia de segurança. Dessa forma, ele é um protocolo para servidores e navegadores da web que garante que os dados passados ??entre os dois sejam privados. Isso é feito usando um link criptografado que conecta o servidor e o navegador.

Dessa forma, as empresas que solicitam informações pessoais de um usuário, como endereço de e-mail ou informações de pagamento, devem ter certificados SSL em seu site. Um deles significa que os detalhes que você está coletando são privados e garante ao cliente que, quando virem o cadeado e “https://”, sua privacidade estará segura.

Os certificados SSL são categorizados pelo nível de validação e criptografia fornecida ou pelo número de domínios ou subdomínios sob o certificado.  Existem três tipos de certificados que você pode ganhar, dependendo do SSL obtido. Vamos falar sobre eles em mais detalhes.

Tipos de certificados

O que é SSL? Descubra aqui o que esse isso significa!
O que é SSL? Descubra aqui o que esse isso significa! – Reprodução/Hubspot

Os guarda-chuvas em que os certificados SSL se enquadram são criptografia e validação e número de domínio. Dessa forma, cada um deles tem três classificações e podem ser solicitado no site SSL. Os certificados são processados ??por uma Autoridade de Certificação (CA), que é um software projetado especificamente para executar e conceder esses certificados.

Para certificados de criptografia e validação, há domínio, organização e validação estendida. Para certificados definidos pelo número do domínio, os tipos são único, com vários domínios e “curinga”.

Certificado SSL de Validação Estendida (EV)

Este certificado mostra o cadeado, HTTPS, nome da empresa e país na barra de endereço para diminuir o erro de um site de spam.

Os SSLs de Validação Estendida (SV) são os SSLs mais caros para obter, mas são valiosos para mostrar a legitimidade do seu domínio na barra de endereços. Para configurar um EV SSL, você deve provar que está autorizado a possuir o domínio que está enviando. Isso garante aos usuários que você está coletando legalmente os dados necessários para executar determinadas ações – como um número de cartão de crédito para uma transação online.

Um certificado EV SSL pode ser obtido por qualquer empresa e deve ser uma prioridade, especialmente para aqueles que precisam de garantia de identidade. Por exemplo, se o seu site processa pagamentos na Web ou coleta dados, você deseja obter esse certificado.

Certificado validado pela organização (OV SSL)

Este certificado verifica se a sua organização e validação de domínio são reais. Os certificados SSL validados pela organização (OV) oferecem um nível médio de criptografia e são obtidos em duas etapas. Primeiro, a CA verificaria quem é o proprietário do domínio e se a organização está operando legalmente.

No navegador, os usuários veriam um pequeno cadeado verde com o nome da empresa a seguir. Portanto, use esse tipo de certificado se você não tiver os recursos financeiros para um EV SSL, mas ainda desejar oferecer um nível moderado de criptografia.

Certificado de Validação de Domínio (DV)

O certificado de Validação de Domínio (DV) oferece um baixo nível de criptografia mostrado como um cadeado verde ao lado do URL na barra de endereços. Portanto, essa é a validação mais rápida que você pode receber e precisará apenas de alguns documentos da empresa para se candidatar.

Essa verificação ocorre quando você adiciona um DNS à CA. Para este certificado, a CA analisará o direito do requerente de possuir o domínio que está sendo enviado. (Nota: DVs não protegem subdomínios, apenas o próprio domínio).

Ao contrário do EV SSL, a CA não examinará nenhum dado de identidade; portanto, você não saberá quem está recebendo suas informações criptografadas. Mas se você faz parte de uma empresa que não pode pagar um SSL de nível superior, um DV faz o trabalho.

Certificados SSL “curinga”

Os certificados SSL “curinga” estão na categoria “número de domínio e subdomínio”. Dessa forma, os SSLs “curingas” garantem que, se você comprar um certificado para um domínio, poderá usar o mesmo certificado para subdomínios.

Por exemplo, se você comprou um curinga por exemplo.com, ele poderia ser aplicado a mail.example.com e blog.example.com. Uma opção como essa é mais barata do que obter vários certificados SSL para um número ou domínio.

Certificado SSL de comunicações unificadas (UCC)

Também conhecidos como certificados SSL de vários domínios, os UCCs (Comunicações Unificadas) permitem que vários nomes de domínio estejam no mesmo certificado. Dessa forma, os UCCs foram criados para conectar a comunicação entre um único servidor e navegador, mas foram expandidos para incluir vários nomes de domínio pelo mesmo proprietário.

Um UCC na barra de endereço mostra um cadeado para exibir a verificação.  Além disso, eles também podem ser considerados um EV SSL se estiverem configurados para mostrar o texto verde, cadeado e país de origem. A única diferença é o número de nomes de domínio associados a este certificado.

Os certificados SSL de vários domínios abrangem até 100 nomes de domínio. Portanto, se você precisar alterar os nomes de alguma maneira, poderá fazê-lo com a opção Nome Alternativo do Assunto (SAN). Alguns exemplos de nomes de vários domínios que você pode usar são: www.domain.co.uk, www.domain.com, mail.example.com e checkout.example.com.

Certificado SSL de domínio único

Um SSL de domínio único protege um domínio. Dessa forma, o ponto a ser lembrado sobre este certificado é que você não pode usá-lo para proteger subdomínios ou um domínio completamente diferente.

Por exemplo, se você adquirir este certificado para example.com, não poderá usá-lo para blog.example.com ou 2ndexample.com.

Como posso obter um certificado para o meu site?

O que é SSL? Descubra aqui o que esse isso significa! – Reprodução/Hubspot

A primeira etapa é determinar que tipo de certificado você precisa. Por exemplo, se hospedar conteúdo em várias plataformas (em domínios/subdomínios separados), isso pode significar que você precisa de certificados SSL diferentes.

Para a maioria, um certificado SSL padrão cobrirá seu conteúdo. Mas para empresas de um setor regulamentado – como finanças ou seguros – pode valer a pena conversar com sua equipe de TI para garantir que você atenda aos requisitos específicos de certificado SSL definidos em seu setor.

Os custos dos certificados SSL variam, mas você pode obter um certificado gratuito ou pagar por mês para obter um certificado personalizado. No lado grátis – Let’s Encrypt oferece certificados sem nenhum custo, mas eu recomendo fortemente que você tenha alguém com conhecimento sobre o DNS e a configuração técnica do seu site para ajudar. Além disso, esses certificados também expiram a cada 90 dias, portanto, mantenha-se atualizado.

Uma das outras considerações importantes é o período de validade de uma certificação. A maioria dos certificados SSL padrão que você compra estão disponíveis por um a dois anos, por padrão, mas se você estiver procurando por opções de longo prazo, considere certificados mais avançados que oferecem períodos de tempo mais longos.

O SSL é bom para SEO?

Sim. Embora o objetivo principal do SSL seja proteger as informações entre o visitante e seu site, também existem benefícios para o SEO. Segundo os analistas de tendências do Google para webmasters, o SSL faz parte do algoritmo de classificação de pesquisa do Google.

Além disso, digamos que dois sites sejam semelhantes no conteúdo fornecido, mas um tenha o SSL ativado e o outro não. Dessa forma, esse primeiro site pode receber um pequeno aumento na classificação porque é criptografado. Como resultado, há um benefício claro de SEO para ativar o SSL no seu site e nas suas páginas.

Como posso saber se meu site tem SSL?

Quando você visita um site com SSL, existem algumas diferenças distintas que são exibidas no navegador.

1. O URL diz “https://” e não “http://”

O URL deve se parecer com a captura de tela abaixo. Lembre-se, um site criptografado por SSL sempre terá o “s” que significa “seguro”. Além disso, esse texto pode aparecer em verde e seguir um cadeado verde (outro indicador, explicado abaixo).

O que é SSL? Descubra aqui o que esse isso significa! – Reprodução/Rafael Pimenta

2. Você verá um ícone de cadeado na barra de URL

O cadeado será exibido no lado esquerdo ou direito da barra de URL, dependendo do seu navegador. Por exemplo, no Chrome e Safari, estará à esquerda. Além disso, você pode clicar no cadeado para ler mais informações sobre o site e a empresa que forneceu o certificado.

O que é SSL? Descubra aqui o que esse isso significa! – Reprodução/Rafael Pimenta

3. O certificado é válido

Mesmo se um site tiver o “https://” e um cadeado, o certificado ainda poderá expirar – o que significa que sua conexão não seria segura. Na maioria dos casos, um site exibido como https estará seguro, mas, se você encontrar um site que solicite muitas informações pessoais, poderá valer a pena verificar novamente para garantir que o certificado é válido.

Para descobrir se o certificado é válido no Chrome, primeiramente, clique com o botão direito do mouse na página e escolha a opção “Inspecionar”. Em seguida, você precisará navegar até a guia “Segurança” para ver se o certificado SSL é válido ou expirou. Se você clicar no botão “Visualizar certificado”, poderá ver mais informações sobre o certificado SSL e a data específica pela qual ele é válido.

O que é SSL? Descubra aqui o que esse isso significa!
O que é SSL? Descubra aqui o que esse isso significa! – Reprodução/Rafael Pimenta

Na próxima vez que você visitar um site, verifique seu status de criptografia.  Adoro saber que, ao clicar em um pequeno cadeado, posso ver se meus dados estão seguros. Por outro lado, se você faz parte de uma empresa que não possui certificados SSL, faça-os parte do seu próximo conjunto de metas, para que você possa proteger os dados e a privacidade de seus clientes.

Fonte: Hubspot

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar em “Canal do Telegram” que está localizado no canto superior direito da página!