Os cookies HTTP são essenciais para a Internet moderna, mas podem ser uma vulnerabilidade à sua privacidade. Dessa forma, como parte necessária da navegação na web, os cookies HTTP ajudam os desenvolvedores a oferecer visitas mais pessoais e convenientes aos sites. Além disso, os cookies permitem que os sites se lembrem de você, de logins, carrinhos de compras e muito mais. Mas eles também podem ser um tesouro de informações privadas para os criminosos espionarem.

Veja também o que são Spywares!

De certa forma, proteger sua privacidade online pode ser um verdadeiro problema. Felizmente, mesmo um entendimento básico de cookies pode ajudar a manter os olhos indesejados longe da sua atividade na Internet.

Embora a maioria dos cookies seja perfeitamente seguros, alguns podem ser usados ??para rastrear você sem o seu consentimento. Além disso, alguns cookies legítimos podem às vezes ser espionados se um criminoso obtém acesso.

Nesta matéria, orientaremos você sobre como os cookies funcionam e como você pode se manter seguro online. Confira:

O que são cookies?

O que são cookies
Como eles podem nos prejudicar? – Foto: Reprodução/UOL

Cookies são arquivos de texto com pequenos dados – como nome de usuário e senha – usados ??para identificar seu computador enquanto você usa uma rede de computadores. Dessa forma, alguns Cookies específicos conhecidos como cookies HTTP são usados ??para identificar usuários específicos e melhorar sua experiência de navegação na web.

Os dados armazenados neles são criados pelo servidor na sua conexão. Esses dados são rotulados com um ID exclusivo para você e seu computador.

Quando ele é trocado entre o seu computador e o servidor de rede, o servidor lê o ID e sabe quais informações lhe servem especificamente.

Diferentes tipos de cookies – Mágicos e HTTP

O que são cookies
Como eles podem nos prejudicar? – Foto: Reprodução/UOL

Os cookies geralmente funcionam da mesma forma, mas foram aplicados a diferentes casos de uso:

“Cookies mágicos” são um termo antigo de computação que se refere a pacotes de informações enviadas e recebidas sem alterações. Geralmente, isso seria usado para fazer login em sistemas de banco de dados de computadores, como uma rede interna de negócios. Dessa forma, esse conceito é anterior ao “cookie” moderno que usamos hoje.

Os cookies HTTP são uma versão redirecionada do “mágico” criado para navegação na Internet. Portanto, o programador de navegador da web Lou Montulli usou o “mágico” como inspiração em 1994. Dessa forma, ele recriou esse conceito para navegadores quando ajudou uma loja de compras online a consertar seus servidores sobrecarregados.

O Cookie HTTP é o que usamos atualmente para gerenciar nossas experiências online. Além disso, ele também é o que algumas pessoas mal-intencionadas podem usar para espionar sua atividade online e roubar suas informações pessoais.

Para podermos explicar, você deve entender exatamente o que são cookies da Internet e por que eles são importantes.

O que são cookies HTTP?

O que são cookies
Como eles podem nos prejudicar? – Foto: Reprodução/Luminati

Os cookies HTTP ou da Internet são criados especificamente para os navegadores da Internet para rastrear, personalizar e salvar informações sobre a sessão de cada usuário. Portanto, uma “sessão” refere-se apenas ao tempo que você gasta em um site.

Os cookies são criados para identificá-lo quando você visita um novo site. O servidor da Web – que armazena os dados do site – envia um pequeno fluxo de informações de identificação para o seu navegador.

Os cookies do navegador são identificados e lidos por pares “nome-valor”. Dessa forma, eles informam aos cookies para onde enviar e quais dados recuperar.

O servidor envia o cookie apenas quando deseja que o navegador da Web o salve. Se você está se perguntando “onde eles estão armazenados”, é simples: o seu navegador armazena-o localmente para lembrar o “par nome-valor” que o identifica.

Dessa forma, se um usuário retornar a esse site no futuro, o navegador retornará esses dados para o servidor na forma de um cookie. É quando o navegador o envia de volta ao servidor para recuperar dados das sessões anteriores.

Funcionamento de forma simplificada

Simplificando, eles são um pouco como conseguir um ingresso para uma verificação de “bolsa”:

  • Você entrega seu “bolsa” para o porta bolsas. Nesse caso, um bolso de dados é vinculado a você no servidor do site quando você se conecta. Dessa forma, esses dados podem ser sua conta pessoal, seu carrinho de compras ou apenas as páginas que você visitou;
  • Você recebe um “ticket” para identificá-lo como o proprietário da “bolsa”. O cookie do site é fornecido a você e armazenado em seu navegador. Ele tem um ID exclusivo, especialmente para você;
  • Se você sair e voltar, poderá obter a “bolsa” com o seu “bilhete”. Seu navegador fornece ao site o seu cookie. Ele lê o ID exclusivo no cookie para reunir seus dados de atividades e recuperar sua visita assim que você os deixou.

Para que eles são utilizados?

Como eles podem nos prejudicar? – Foto: Reprodução/Luminati

Os sites usam cookies HTTP para otimizar suas experiências na web. Sem eles, você precisará fazer login novamente depois de sair de um site ou reconstruir seu carrinho de compras se fechar a página acidentalmente. Portanto, ele são uma parte importante da experiência na Internet.

Com base nisso, você desejará entender por que vale a pena manter – e quando não vale.

Eles devem ser usados ??de três maneiras principais:

  1. Gerenciamento de sessão: Por exemplo, eles permitem que os sites reconheçam os usuários e recuperem suas informações e preferências de login individuais, como notícias de esportes versus política;
  2. Personalização: A publicidade personalizada é a principal maneira como os cookies são usados ??para personalizar suas sessões. Dessa forma, você pode visualizar determinados itens ou partes de um site e eles usam esses dados para ajudar a criar anúncios direcionados de que você possa gostar;
  3. Rastreamento: Os sites de compras usam os cookies para rastrear itens visualizados anteriormente, permitindo que os sites sugiram outros produtos de que possam gostar e mantenha itens em carrinhos de compras enquanto continuam comprando.

Embora isso seja principalmente para seu benefício, os desenvolvedores da Web também aproveitam muito essa configuração.

Além disso, os cookies são armazenados localmente no seu dispositivo para liberar espaço de armazenamento nos servidores de um site. Por sua vez, os sites podem personalizar, economizando dinheiro em custos de manutenção e armazenamento do servidor.

Quais são os diferentes tipos de cookies HTTP?

Como eles podem nos prejudicar? – Foto: Reprodução/Terget HD

Com algumas variações, os cookies no mundo cibernético são de dois tipos: sessão e persistente.

Os de sessão são usados ??apenas durante a navegação em um site. Portanto, eles são armazenados na memória de acesso aleatório e nunca são gravados no disco rígido.

Quando a sessão termina, os cookies da sessão são excluídos automaticamente. Além disso, eles também ajudam o botão “voltar” ou plug-ins de anonimizador de terceiros a funcionar. Esses plug-ins foram projetados para navegadores específicos funcionarem e ajudarem a manter a privacidade do usuário.

Por outro lado, os cookies persistentes permanecem no computador indefinidamente, embora muitos incluam uma data de validade e são removidos automaticamente quando essa data é atingida.

Os cookies persistentes são usados ??para dois propósitos principais:

  1. Autenticação: Eles controlam se um usuário está logado e com que nome. Além disso, eles também simplificam as informações de login, para que os usuários não precisem se lembrar das senhas do site.
  2. Rastreamento: Eles rastreiam várias visitas ao mesmo site ao longo do tempo. Alguns comerciantes on-line, por exemplo, usam cookies para rastrear visitas de usuários específicos, incluindo as páginas e os produtos visualizados. As informações obtidas permitem sugerir outros itens que podem interessar aos visitantes. Gradualmente, um perfil é construído com base no histórico de navegação de um usuário nesse site.

Por que eles podem ser perigosos?

Como eles podem nos prejudicar? - Foto: Reprodução/Rigrama
Como eles podem nos prejudicar? – Foto: Reprodução/Rigrama

Como os dados dos cookies não mudam, os cookies em si não são prejudiciais.

Portanto, eles não podem infectar computadores com vírus ou outro malware.  No entanto, alguns ataques cibernéticos podem sequestrar os cookies e permitir o acesso às suas sessões de navegação.

O perigo está em sua capacidade de rastrear os históricos de navegação dos indivíduos. Portanto, para explicar, vamos discutir quais os cookies que devem ser observados.

Cookies primários vs. cookies de terceiros

Alguns cookies podem representar uma ameaça maior do que outros, dependendo de onde eles vêm.

Primários

Os cookies primários são criados diretamente pelo site que você está usando.  Geralmente, eles são mais seguros, desde que você navegue em sites respeitáveis ??ou que não tenham sido comprometidos.

Terceiros

Cookies de terceiros são mais preocupantes. Dessa forma, eles são gerados por sites diferentes das páginas que os usuários estão navegando atualmente, geralmente porque estão vinculados a anúncios nessa página.

Visitar um site com 10 anúncios pode gerar 10 cookies, mesmo que os usuários nunca cliquem nesses anúncios.

Os cookies de terceiros permitem que anunciantes ou empresas de análise rastreiem o histórico de navegação de um indivíduo pela Web em qualquer site que contenha seus anúncios.

Consequentemente, o anunciante pode determinar que um usuário primeiramente procure por roupas de corrida em uma loja específica para atividades ao ar livre antes de verificar um site específico de artigos esportivos e, em seguida, uma determinada boutique de roupas esportivas on-line.

Zumbis

Os cookies zumbis são de terceiros e permanentemente instalados nos computadores dos usuários, mesmo quando eles optam por não instalar os cookies. Dessa forma, eles também reaparecem após serem excluídos. Quando os “zumbis” apareceram pela primeira vez, eles foram criados a partir de dados armazenados na lixeira do Adobe Flash. Às vezes, são chamados de “cookies flash” e são extremamente difíceis de remover.

Como outros cookies de terceiros, os “zumbis” podem ser usados ??pelas empresas de análise da web para rastrear históricos de navegação de indivíduos únicos. Além disso, os sites também podem usar “zumbis” para banir usuários específicos.

Permitindo ou removendo os cookies

Eles podem ser uma parte opcional da sua experiência na Internet. Dessa forma, se você escolher, poderá limitar quais cookies terminam no seu computador ou dispositivo móvel.

Permitindo

Se você permitir, ele simplificará sua navegação. Para alguns usuários, nenhum risco de segurança de cookies é mais importante do que uma experiência conveniente na Internet. Para permitir eles, os usuários podem:

  • Encontre a seção de cookies – normalmente em “Configurações” > “Privacidade”;
  • Clique nas caixas para permitir cookies. Às vezes, a opção diz: “Permitir dados locais”;
  • Se você não quiser cookies, basta desmarcar essas caixas.

Removendo

A remoção de cookies pode ajudar a atenuar seus riscos de violações da privacidade. Além disso, também pode redefinir o rastreamento e a personalização do navegador.

A remoção de cookies normais é fácil, mas pode dificultar a navegação em alguns sites. Sem cookies na internet, os usuários podem ter que digitar novamente seus dados para cada visita. Navegadores diferentes armazenam cookies em locais diferentes, mas geralmente você pode:

  • Encontre a seção “Configurações”, “Privacidade” – às vezes listada em “Ferramentas”, “Opções da Internet” ou “Avançado”;
  • Siga as instruções nas opções disponíveis para gerenciar ou remover os cookies.

Para remover as infestações por cookies de rastreamento e outros tipos maliciosos, você precisará da ajuda de alguns softwares de segurança da Internet .

Antes de remover eles, avalie a facilidade de uso esperada de um site que usa cookies. Na maioria dos casos, eles melhoram a experiência na web, mas devem ser manuseados com cuidado.

No futuro, você pode anonimizar seu uso da Web usando uma rede virtual privada (VPN). Esses serviços encapsulam sua conexão da Web com um servidor remoto que se apresenta como você. Dessa forma, eles serão rotulados para esse servidor remoto em outro país, em vez do computador local.

Independentemente de como você lida com os cookies, é melhor permanecer em guarda e limpá-los frequentemente.

Perguntas Frequentes

O que são Cookies?

São arquivos de texto com pequenos dados – como nome de usuário e senha – usados ??para identificar seu computador enquanto você usa uma rede de computadores. Dessa forma, alguns Cookies específicos conhecidos como cookies HTTP são usados ??para identificar usuários específicos e melhorar sua experiência de navegação na web.

Para que eles são utilizados?

Os sites usam cookies HTTP para otimizar suas experiências na web. Sem eles, você precisará fazer login novamente depois de sair de um site ou reconstruir seu carrinho de compras se fechar a página acidentalmente. Portanto, ele são uma parte importante da experiência na Internet.

Por que eles podem ser perigosos?

Eles não podem infectar computadores com vírus ou outro malware.  No entanto, alguns ataques cibernéticos podem sequestrá-los e permitir o acesso às suas sessões de navegação.
O perigo está em sua capacidade de rastrear os históricos de navegação dos indivíduos.

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar em “Canal do Telegram” que está localizado no canto superior direito da página!