Cientistas dos EUA e Hong Kong desenvolveram um olho sintético que funciona muito como o real. Com sensores que imitam os fotorreceptores encontrados no olho humano, o novo protótipo “biônico” poderia um dia ser usado para restaurar a visão em indivíduos que perderam a visão.

Referido como “olho biomimético” pela equipe de pesquisa, o dispositivo é um casamento da tecnologia moderna e dos próprios projetos da natureza. Consiste em uma retina artificial hemisférica e uma série de sensores que capturam e retransmitem uma imagem ao vivo. Fazer com que ele interaja com um cérebro humano é bem complicado.

A medicina moderna é bastante incrível. Ao longo dos anos, cientistas e médicos descobriram maneiras de substituir alguns dos componentes vitais do corpo por versões artificiais que podem restaurar a qualidade de vida de uma pessoa ou até salvá-la da morte.

Os olhos, no entanto, são muito especiais, e a maneira como eles se comunicam com o cérebro significa projetar um artificial, e implantar não é exatamente tão simples quanto apenas “encaixar e usar”. Conseguir um dispositivo para interagir com o cérebro humano é um enorme obstáculo.

O maior desafio que os pesquisadores já superaram é colocar a tecnologia em uma forma esférica que poderia ser usada como implante. Eles ainda não testaram o dispositivo em uma criatura viva, mas isso está próximo de acontecer.

Próximos passos para o implante do olho biônico

Como o Daily Mail relata, os pesquisadores já estão alinhando testes em animais e humanos. Ainda há muito trabalho a ser feito, e os cientistas observam rapidamente que o dispositivo em seu estado atual é apenas o começo do que pode ser possível em alguns anos.

Em seu estado atual, a capacidade do olho de renderizar imagens não é a maior. Produz uma imagem de baixa resolução capaz de renderizar letras do alfabeto, mas imagens mais complicadas exigirão uma densidade mais alta de sensores. Isso pode parecer um grande obstáculo contra a tecnologia, mas os pesquisadores dizem que, à medida que ela evolui, a densidade dos sensores e a resolução da imagem resultante podem realmente atingir um olho humano real.

O olho sintético também está sendo considerado para aplicações de robótica. A ideia de um robô artificialmente inteligente andando com olhos melhores que os meus é um pouco perturbadora, mas pode ser o que o futuro reserva.

Fonte: Bgr

O que achou da tecnologia do olho biônico? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar no ícone azul da rede social ao lado!