Embora a Huawei esteja na lista negra dos EUA, a fabricante de chips Qualcomm tem feito lobby junto ao governo dos EUA. Isso com o objetivo de remover as restrições à venda de componentes para a Huawei. Conforme relatado pela primeira vez pelo Wall Street Journal (via Reuters), a apresentação da Qualcomm pressionou o governo dos EUA a suspender a proibição da venda de chips para a Huawei.

Xiaomi MI 10 Ultra: veja tudo o que sabemos!

De acordo com o relatório, essas restrições levaram aos concorrentes estrangeiros da Qualcomm com um valor de mercado de até US $ 8 bilhões anuais. A Qualcomm afirma que, se a proibição for revogada, isso levará a um grande faturamento nos EUA, ajudando as empresas americanas a manter sua competitividade. A notícia vem na esteira da resolução da Qualcomm de uma disputa de licenciamento de patente com a Huawei no mês passado. Onde a Qualcomm receberá agora US $ 1,8 bilhão no quarto trimestre fiscal. A Qualcomm ainda não respondeu à notícia.

Huawei banida do Reino Unido

A Huawei tem enfrentado um escrutínio cada vez maior recentemente. O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, revelou no mês passado que o Reino Unido está pronto para banir a Huawei de suas redes de telecomunicações móveis 5G. Na verdade, ele ordenou que o equipamento da Huawei fosse completamente removido da rede 5G do Reino Unido até o final de 2027. O motivo por trás da decisão do Reino Unido em relação à Huawei pode ser devido às sanções dos EUA sobre a tecnologia de chip da Huawei. Por causa disso, o National Cyber ??Security Center da Grã-Bretanha considera a Huawei “não um fornecedor confiável”.

“Esta não foi uma decisão fácil, mas é a certa para as redes de telecomunicações do Reino Unido, para nossa segurança nacional e nossa economia, tanto agora quanto no longo prazo. Na época das próximas eleições, teremos implementado na lei, um caminho irreversível para a remoção completa dos equipamentos Huawei de nossas redes 5G ”, disse o Ministro Digital Oliver Dowden ao Parlamento. Houve relatos de que o governo britânico está procurando contar com o Japão para ajudar com suas redes sem fio 5G.

Fonte: Mashable

O que você achou da Qualcomm pedir aos EUA para vender chips para a Huawei? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar no botão “Canal do Telegram” no topo direito da página.