É justo dizer que Rainbow Six Siege teve um lançamento desfavorável em dezembro de 2015, com críticas mistas e vendas bem fracas. As reclamações comuns foram a falta de conteúdo e uma série de problemas técnicos que atormentaram os seus primeiros dias. Por outro lado, as vendas fracas podem ser atribuídas em grande parte à data de lançamento, já que o jogo foi lançado não muito depois de Call of Duty Black Ops 3 e Star Wars Battlefront. De qualquer forma, quase 5 anos depois Rainbow Six Siege é um dos jogos mais jogados do mundo tanto no PC, quanto nos consoles (PS4 e Xbox One). Além disso, vale lembrar que o game está confirmado na próxima geração de consoles.

Confira também o review completo de Gears of War 5!

O jogo se beneficiou do tempo e dos esforços da Ubisoft

Rainbow Six Siege PS4: confira o review do game! - Foto: Reprodução/ Game Spot
Rainbow Six Siege PS4: confira o review do game! – Foto: Reprodução/ Game Spot

Quase 5 anos depois, a base de jogadores de Rainbow Six Siege é muito maior do que no início. Ao invés de desistir, a Ubisoft redobrou seus esforços e se manteve comprometida com a ideia de Siege. Dessa forma, a empresa transformou o game em um dos atiradores mais populares do mercado. É claro que ele teve seus problemas ao longo do caminho, mas se alguma vez houve um “garoto-propaganda” dos benefícios do modelo GaaS (jogos como trabalho), esse seria o Rainbow Six Siege.

Uma grande razão para este sucesso é a base sólida de de Rainbow Six Siege. Duas equipes de cinco operadores se enfrentam em partidas baseadas em rodadas. Dessa forma, a primeira a vencer três rodadas leva a partida (numa melhor de cinco, é claro). Não há respawns e as equipes alternam entre o atacante e o defensor. A primeira equipe a eliminar a oposição ou completar o objetivo do modo de jogo vence.

Cada um dos modos de jogo – Secure Area, Hostage e Bomb Defusal – oferece uma variação do conceito central. Dessa forma, os modos variam entre colocar um dispositivo de desarmamento próximo a uma bomba e depois defendê-la ou extrair um refém vivo. Antes de cada rodada começar corretamente, cada equipe tem 45 segundos para se preparar: a equipe de defesa reforça paredes e monta armadilhas enquanto os atacantes usam seus drones controlados remotamente para explorar o mapa e encontrar os defensores.

Mapas elaborados, jogabilidade tática e jogo “punitivo”

Rainbow Six Siege PS4: confira o review do game! - Foto: Reprodução/ Game Spot
Rainbow Six Siege PS4: confira o review do game! – Foto: Reprodução/ Game Spot

Esses confrontos acontecem em mapas elaborados com grande variação de local e estilo de jogo. Mapas como a Base Hereford e o Consulado são labirintos de vários níveis que oferecem uma tonelada de opções para manobras de flanco para ambos os lados, enquanto o Skyscraper vê os invasores enxameando as janelas externas em busca de uma oportunidade de violar. Além disso, os mapas são todos altamente destrutíveis. Isso permite que os jogadores atirem em pisos e paredes, ou até mesmo destruí-los completamente. Isso leva a uma mudança dramática nas condições do campo de batalha à medida que novas pistas de tiro se abrem, transformando áreas antes seguras em armadilhas mortais.

O foco de Rainbow Six Siege em jogabilidade tática e coleta de informações é o que o diferencia da competição. Dessa forma, correr com armas disparando “à la Rambo” resultará em uma viagem só de ida para Deadsville. Além disso, o sistema de uma única vida por rodada encoraja os jogadores a valorizá-lo. Se você for morto no início, terá que esperar até a próxima rodada para voltar à ação.

Este estilo de jogo punitivo pode fazer o Siege parecer inacessível para os novatos. Além disso, você provavelmente passará seus primeiros dias no modo multiplayer sendo pisoteado e intimidado por competidores muito mais experientes. Mas cada morte é uma lição, e aqueles que podem ficar com Siege por tempo suficiente para aprender suas complexidades descobrirão que ele tem muito a oferecer.

Um jogo realista, mas não muito diferente de outros games da atualidade

Rainbow Six Siege PS4: confira o review do game! - Foto: Reprodução/ Game Spot
Rainbow Six Siege PS4: confira o review do game! – Foto: Reprodução/ Game Spot

Pode ser irritante levar um tiro de um inimigo que você não pode ver através de uma parede. Mas se você puder resistir ao impulso de partir seu controle ao meio e aprender com esse erro, você será o melhor tipo de jogador para esse game. Aprender a espiar pelos cantos para derrubar seu oponente, abrir buracos nas paredes para espiar e identificar as várias pistas sonoras vai levar tempo, mas vale a pena o esforço. Dessa forma, Siege oferece uma curva de progressão profundamente cerebral. Além disso, você não ganha novas habilidades ou armas melhores, apenas “git gud”.

O game não se tornou popular com o público graças ao seu estilo realista. O principal motivo para sua popularidade é que Rainbow Six Siege é, em sua essência, um “atirador de heróis” não muito diferente de outros como  Overwatch. Cada operador tem seus próprios dispositivos, armas e estatísticas exclusivas. Existem operadores lentos, mas difíceis, como Rook, que podem absorver uma quantidade obscena de dano sem cair, enquanto reforçam as defesas da equipe com seus coletes de armadura desdobráveis. Esses tanques ambulantes são contrabalançados por especialistas em “corridas ágeis” como Ash, que usa seu lançador de granadas para explodir portas e paredes, atacando os defensores antes mesmo de terminarem de amarrar os cadarços.

Operadores do game

Rainbow Six Siege PS4: confira o review do game! – Foto: Reprodução/ Game Spot

Como acontece com todos os atiradores de heróis, a Ubisoft teve que realizar um ato de equilíbrio para manter cada membro alinhado um com o outro. Dessa forma, a empresa fez um trabalho admirável. Alguns operadores são mais populares que outros devido à sua utilidade geral. Mas mesmo o mais especializado dos operadores tem uma utilidade. Bom, exceto Tachanka, que é apenas um meme neste ponto.

A lista inicial de 20 operadores foi reforçada por mais 16. Com exceção do mencionado Tachanka – que parece mais fundamentalmente ultrapassado devido à natureza estática de sua torre – os operadores estão todos em um equilíbrio notável. Ainda mais impressionante, nenhum dos novos operadores roubou o “trovão” do elenco existente. Alguns compartilham habilidades semelhantes, como os dispositivos de Thermite e Hibana, ambos usados ??para abrir buracos em paredes reforçadas, mas na prática ambos preenchem seus próprios nichos situacionais.

As atualizações não trouxeram apenas novas pessoas para atirar. Há lugares novos e emocionantes para atirar em pessoas, graças à adição de oito mapas em cima dos 11 que chegaram no lançamento. É justo dizer que a qualidade dos mapas da DLC não foi exemplar desde o início. As primeiras entradas Yacht e Favela eram tão desequilibradas que foram removidas dos servidores públicos.  Com isso dito, os mapas mais recentes como Theme Park e Skyscraper são entradas estelares para a rotação. Além disso, os mapas existentes também são constantemente ajustados.

Existe um modo Single-player, mas é pouco envolvente

Rainbow Six Siege PS4: confira o review do game! – Foto: Reprodução/ Game Spot

Há também um modo single-player chamado Terrorist Hunt, que o leva a enfrentar uma horda de terroristas controlados por IA em um dos mapas multijogador do jogo. Você pode jogar com esses lobos solitários ou levar uma equipe de amigos com você para atacar alguns bots. É perfeitamente funcional e uma maneira fantástica de aprender os mapas, mas é improvável que o Terrorist Hunt o envolva por muito tempo. Siege é descaradamente tudo sobre seu modo multiplayer.

Além disso, também vale a pena mencionar que nada destrói um jogo como as pessoas que o jogam, e a comunidade Rainbow Six tem seu quinhão de pessoas estragando a diversão. Muitos jogadores são tóxicos e desistem das partidas, especialmente no modo de jogo Casual, onde os jogadores não sofrem nenhuma penalidade de classificação por tal comportamento. Jogar com um time de amigos pode anular esse problema, mas se você vai para o Siege sozinho, pode esperar que os idiotas estraguem as coisas de vez em quando. Portanto, apenas mantenha o seu juízo sobre você e espere que você não tenha escolhido um personagem que outra pessoa queira.

Ah, e agora existem caixas de saque, mas com toda a honestidade, esta é a implementação menos flagrante de caixas de saque que já vi até hoje. Isso ocorre principalmente pois elas foram introduzidos um ano e meio após o lançamento de Siege. Além disso, apenas apresentam cosméticos, e quase todos os itens nos pacotes podem ser comprados imediatamente em vez de com a moeda que pode ser ganha no jogo, a Renown.

Conclusão

Rainbow Six Siege PS4: confira o review do game! – Foto: Reprodução/ Game Spot

Apesar de algumas pequenas manchas em seu registro, Rainbow Six Siege é a experiência de atirador mais satisfatória desta geração, e poucos títulos podem se orgulhar de sua profundidade e longevidade. Ao contrariar as tendências do mercado e oferecer uma experiência única, a Ubisoft conquistou um nicho considerável com foco em jogabilidade metódica e trabalho em equipe sobre o estilo de correr e disparar dos outros grandes atiradores.

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar em “Canal do Telegram” que está localizado no canto superior direito da página!