Streaming de jogos no iOS? Enquanto a Microsoft divulgava a publicação pública (em teste) no Project xCloud, seu serviço de streaming de games pela nuvem para aparelhos Android, a companhia ao mesmo tempo encerrava o programa beta no iOS. Dessa forma, levantando suspeitas de que supostamente a Apple não queira liberar o streaming.

O que é iOS? Saiba mais sobre esse sistema da Apple!

Pouco tempo após, um porta-voz da Apple afirmou a suspeita. Disse que este e outros serviços do setor, como Project Stadia e GeForce Now, não poderão ser incluídos no sistema operacional.

A justificativa fornecida pelo porta-voz foi a resposta-padrão para toda e qualquer situação que leva o banimento ou remoção de aplicativos e serviços do iOS. Ou seja, “preocupação com a segurança e privacidade” dos utilizadores iOS. A posição da companhia é de que nenhum app tem tratamento especial (há controvérsias). Dessa forma, todo software ou game necessita ser revisado de forma individual antes de ser aprovado no sistema.

Há questões se trabalham dessa forma com longas, séries e documentários da Netflix (o tratamento voltado para o Amazon prime Video já sabemos qual é).

A Apple afirma que tal tratamento é preciso para assegurar a segurança das interações dos gamers dentro do seu ecossistema. Algo que Tim Sweeney, CEO da Epic Games, já comentou se tratar de uma desculpa esfarrapada. Se levada ao pé da letra, a restrição iria impedir o funcionamento no iPhone, iPad, Mac e Apple TV as ferramentas de cross-play e cross saving de Fortnite, dividido entre os aparelhos Apple e Windows, Play Station 4, Xbox One, Nintendo Switch e Android, e, em pouco tempo, Play Station 5 e Xbox Series X.

Streaming de jogos no iOS? Nem pensar, segundo a Apple

A Microsoft diz que as regras pedidas pela Apple tornam inviável a publicação do Project xCloud no iOS. Dessa forma, quem tiver o desejo de jogar pela nuvem os jogos do Xbox One terá de adquirir um smartphone Android. Além de dar preferência para o bundle especial do novo Galaxy Note 20 Ultra, que possui um controle e 3 meses do Xbox Game Pass Ultimate, serviço preciso para acessar o streaming.

Nada foi revelado a respeito de streaming em computadores, pelo menos até o momento.

Streaming de jogos no iOS? Nem pensar, segundo a Apple
Streaming de jogos no iOS? Nem pensar, segundo a Apple – Foto: TecnoBlog

A Microsoft não é a única a se queixar das políticas da Apple. O Facebook Gaming, a ferramenta de streaming de games da rede social de Mark Zuckerberg, publicou um app móvel para Android em abril deste ano. Dando o poder de streamar direto da tela do smartphone, acompanhar vídeos de seus canais e games prediletos e até mesmo aproveitar de alguns mini-jogos, com integração social.

O modelo para iOS só foi permitida agora, depois de meses de impedimento devido a Apple ter criado problemas com os mini-games. Dos quais precisaram ser retirados do aplicativos para que o Facebook Gaming tivesse a possibilidade de ser publicado. Esse problema da Apple impediu a publicação de outros serviços, como o Google Stadia e o GeForce Now da nVidia, que só trabalham no Android.

Outros problemas de lançamento no iOS

Por fim, só é preciso se recordar do problema que foi a publicação do Steam Link para iPhone, depois de a Apple criar problemas com o aplicativo. A Valve só garantiu a aprovação depois de provar que só fazia transmissão por meio de LAN, de games que o utilizador já tinha em seu computador. Naquele momento, já estava implícito que o motivo essencial da Apple impedir o software não era a segurança.

Tanto no caso do Steam Link quanto do Project xCloud, Google Stadia e GeForce Now, o utilizador pode acessar os games ou por assinatura fixa ou comprando-os de maneira individual. Dessa forma, tais formas não passam pela App Store da Apple. Desta forma, a Apple não teria como ganhar a taxa de 30% (15% em assinaturas, depois de um ano de fidelidade) sobre transações financeiras, o que a causaria a impedir tudo.

Streaming de jogos no iOS? Nem pensar, segundo a Apple
Streaming de jogos no iOS? Nem pensar, segundo a Apple – Foto: Reprodução/TecnoBlog

Além disso, vale lembrar do Apple Arcade, o serviço de assinatura da Apple que disponibiliza muitos jogos, sendo a maioria exclusivos, para utilizadores Apple no iPhone, iPad, Mac e Apple TV. Dessa forma, o impedimento poderia evitar rivalidade.

Ao levar em conta os investimentos recentes em transmissão com o Apple TV+, não seria surpresa se a empresa anunciasse em pouco tempo uma ferramenta parecia para seus jogos. Permitindo, dessa forma, que o assinante jogue em TVs da Samsung ou LG, que já incluem ferramentas como AirPlay e aplicativos como o Apple TV em seus dispositivos.

Suposições à parte, o que sabemos ao certo é que a Apple não quer liberar aplicativos de transmissão de games em sua loja, não importando o motivo. Sendo por não ganhar a taxa ou pela segurança da ferramenta. Agora, resta o Android.

Gostou?

O que você achou da Apple não permitir streaming de jogos no iOS? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar no botão “Canal do Telegram” no topo direito da página.